Colégio Web

50 anos da Ditadura Militar. Vamos relembrar?

2014 é o ano em que lembramos 50 anos do Golpe Militar de 1964, um período em que a democracia foi colocada de lado e a Ditadura imperou por 21 anos!

Publicidade

2014 já seria um ano importante para o povo brasileiro por diversos aspectos, já que é o ano em que será realizada a Copa do Mundo da FIFA no país e também é o ano em que será realizada a eleição presidencial e para escolha de governadores, senadores e deputados.

Mas 2014 é também o ano em que lembramos 50 anos do Golpe Militar de 1964, um período em que a democracia foi colocada de lado e que instaurou o regime militar no Brasil por 21 anos.

Detalhes da Ditadura Militar

O período conhecido como Ditadura Militar perdurou no Brasil de 1º de abril de 1964 até 15 de março de 1985, e teve inicio com o golpe de Estado organizado por lideranças das Forças Armadas do Brasil, que foi realizado no dia 31 de março de 1964.

Durante o período de 21 anos, o Brasil foi governado por generais eleitos pelos próprios militares, já que o povo estava alijado de seu direito de votar, o que o impedia de escolher seus representantes.

50 anos da Ditadura Militar

O mesmo valia para governadores em seus estados, prefeitos em seus municípios e também para os membros do legislativo.

Tudo era feito por meio de um colégio eleitoral, onde os interesses dos militares suplantavam a oposição, que aos poucos foi sendo minguada pela atuação do exército e da polícia, que perseguiam, prendiam e deportavam inimigos políticos do regime militar.

Alguns até mesmo eram torturados, e também existiram casos de alguns que foram mortos em circunstâncias sempre muito duvidosas e obscuras.

Luta contra a Ditadura Militar

Como em todo regime que toma o poder por meio de um golpe de Estado, o Regime Militar também sofreu com a oposição de parte da população, especialmente de grupos organizados, como sindicatos, estudantes e trabalhadores em geral.

Esses grupos organizaram manifestações nas ruas das grandes capitais pra repudiar o governo militar e para pedir o retorno das liberdades civis, que aos poucos foram sendo tiradas pelo novo regime.

No entanto, com o passar do tempo, esses grupos perceberam que não dava para tentar lutar contra os militares de modo apenas pacífico, e então foram organizados os grupos guerrilheiros, formados por estudantes e líderes sindicais. E com isso, mais mortes passaram a ocorrer de ambos os lados.

A censura artística e aos meios de comunicação

Golpe Militar

Outra forma de dominação usada pelos militares foi a censura, especialmente aos artistas (músicos, cineastas, diretores teatrais, autores de novelas, etc.) e aos meios de comunicação.

As notícias, por exemplo, eram censuradas sempre que alguma informação contrária ou considerada desfavorável ao regime fosse encontrada. Com isso, grandes jornais passaram a publicar receitas de bolo ou poemas de grandes poetas na tentativa de alertar a população.

No entanto, tudo terminou, na década de 80. Hoje, vivemos em um governo totalmente diferente, com maior intimidade ao comunismo, por isso os 50 anos da Ditadura não foi bem recebido pela população, nem pelo plenário.

Recomendados para você

Comentários

+ Artigos relacionados