Colégio Web

Osman Lins

Publicidade

Osman da Costa Lins foi um escritor brasileiro criado em São Paulo, mas natural do Recife. Produziu vários romances, contos, narrativas, livros para viagens e peças teatrais. Em 1973, com Avalovara, mostrou como a arquitetura de uma narração pode ser orquestrada a partir de palíndromos latinos. A partir de uma espiral, passou a mostrar como se desenvolvem os capítulos da obra.

Em 1964, tornou-se famoso com a peça Lisbela e o Prisioneiro, que passou a ser produzida pela rede Globo em 1994 com a atuação de Diogo Vilela e Giulia Gam. Em 2003, com adaptação de Guel Arraes, também foi para o cinema, com Selton Mello e Débora Falabella.

Outras publicações de Osman da Costa Lins

O Visitante — romance, 1955.
Os Gestos — contos, 1957.
O Fiel e a Pedra — romance, 1961.
Marinheiro de Primeira Viagem — 1963.
Lisbela e o Prisioneiro — teatro, 1964.
Nove, Novena — narrativas, 1966.
Um Mundo Estagnado — ensaio, 1966.
Capa-Verde e o Natal — teatro infantil, 1967.
Guerra do Cansa-Cavalo — teatro, 1967.
Guerra sem Testemunhas — o Escritor, sua Condição e a Realidade Social — ensaio, 1969.
Avalovara — romance, 1973.
Santa, Automóvel e o Soldado — teatro, 1975.
Lima Barreto e o Espaço Romanesco — ensaio, 1976.
A Rainha dos Cárceres da Grécia — romance, 1976.
Do Ideal e da Glória. Problemas Inculturais Brasileiros — coletânea de artigos e ensaios, 1977.
La Paz Existe? — literatura de viagem, em parceria com Julieta de Godoy Ladeira, 1977.
O Diabo na Noite de Natal — literatura infantil, 1977.
Missa do Galo, Variações Sobre o Mesmo Tema, Organização e Participação, 1977.
Casos Especiais de Osman Lins — novelas adaptadas para televisão e levadas ao ar pela TV Globo, 1978, composto de:
A Ilha no Espaço
Quem Era Shirley Temple?
Marcha Fúnebre
Evangelho na Taba. Problemas inculturais brasileiros II — coletânea de artigos, ensaios e entrevistas, com apresentação de Julieta de Godoy Ladeira, 1979.
Domingo de Páscoa — novela, 1978.

 

Recomendados para você

Comentários

+ Artigos relacionados