Colégio Web

José Américo de Almeida

Publicidade

José Américo de Almeida (Areia, PB 1887 – João pessoa PB, 1980)

Nascimento e morte – José Américo de Almeida nasce em Areia, Paraíba, a 1.o de outubro de 1887. Falece na cidade de João pessoa, em 10 de março de 1980.

Estudos – José Américo faz seus estudos no Seminário da capital do Estado e no Liceu Paraíbano. Em 1903, ingressa na Faculdade de Direito do Recife.

Carreira jurídica – Obtém do governo da Paraíba a nomeação para o cargo de promotor público na comarca de Sousa. Em 1911, passa a ocupar a função de Procurador Geral do Estado.

Fama literária – A publicação do romance A Bagaceira, em 1928, projeta-lhe o nome em todo o Brasil, dando destaque à literatura regionalista voltada para o Nordeste. A obra é saudada por Tristão de Athayde como a grande revelação da ficção brasileira, dividindo o romance nacional do século XX em duas fases distintas: antes e depois de A Bagaceira.

Membro da ABL – É eleito para a Academia Brasileira de Letras em 27 de outubro de 1966. Toma posse em 28 de junho de 1969.

Personagens de A Bagaceira:

a) Valentim, Soledade, Pirunga (a família de retirantes).

b) Dagoberto (fazendeiro engravida soledade).

c) Lúcio (filho de Dagoberto, também ama Soledade).

Principais obras:

1. Reflexões de uma Cabra (novela, 1922)

2. A bagaceira (romance, 1928)

3. Coiteiros (romance, 1935)

4. O Boqueirão (romance, 1935)

Recomendados para você

Comentários

+ Artigos relacionados