Colégio Web

A religião mesopotâmia

Publicidade

A religião mesopotâmica 

Os mesopotâmicos optaram por uma religião politeísta, na qual cada cidade tinha um deus que recebia oferendas, alimentos e sacrifícios de seu povo que visava ter seus desejos atendidos. Os deuses mais conhecidos eram: Anu, deus do céu; Shamash, deus do Sol e da justiça; Ishtar, deusa do amor; e Marduk, criador do céu, da Terra, dos rios e dos homens. Além de acreditar em deuses, os sumérios também depositavam a sua confiança em gênios, demônios, advinhações e magias. 

Como costume, toda a mulher suméria deveria se prostituir uma única vez com um estrangeiro, e oferecer o dinheiro recebido ao templo. 

Os sumérios não se preocupavam com a vida pós-túmulo, pois acreditavam que os mortos não tinham expectativa de uma vida nova. Acreditavam também que o destino das pessoas era definido pela posição dos astros no céu. A partir dessas crenças dos sumérios, os sacerdotes aproveitavam para fazer a divulgação da astrologia, criando os horóscopos e por meio da leitura dos astros monopolizavam as previsões diárias.

Recomendados para você

Comentários

+ Artigos relacionados