Colégio Web

As características da política econômica mercantilista

Publicidade

3. As características da política econômica mercantilista 

Metalismo 

O metalismo era a acumulação de metais como o ouro e a prata dentro do país. Acumulavam as moedas dentro do país, pois elas indicavam riquezas, por isso evitavam que as moedas saíssem do Estado. As riquezas adquiridas com os metais eram investidas na produção agrícola, industrial e comercial, estimulando as exportações e aumentando a renda do Estado sobre os direitos alfandegários. 

 
O fortalecimento do Estado representou, na Idade Moderna, mais do que o fortalecimento do rei, pois este era a personificação do Estado, como foi sintetizado por Luís XVI em sua célebre frase “L’Etat c’ est moi.” Na ilustração, tapeçaria mostrando Luís XVI em visita à manufatura de tapeçarias de Gobelins.

Balança comercial favorável 

A balança comercial é considerada como um termômetro que controla o desenvolvimento econômico de um país. Esse sistema evitava que houvesse distúrbio monetário, e conseqüentemente uma crise na produção. 

O enriquecimento de um Estado significava o empobrecimento dos outros. O funcionamento dessa balança consiste na comparação do desenvolvimento econômico de um Estado com outro. 

Protecionismo 

É uma teoria que consiste em medidas econômicas que protegem as atividades econômicas internas, ou seja, favorece a exportação e dificultando a importação. Existem várias formas de manifestação do protecionismo da economia nacional. 

Monopólio 

O monopólio é um elemento fundamental do protecionismo. 

Os produtos coloniais podiam ser comprados exclusivamente pela burguesia, e esses produtos eram revendidos no mercado europeu pelos comerciantes da metrópole, bem como a burguesia podia vender seus produtos europeus para o consumo da colônia. 

A burguesia mercantil usava o exclusivo ou monopólio do comércio colonial para enriquecer.

Recomendados para você

Comentários

+ Artigos relacionados