Colégio Web

A divisão I ou a divisão reducional

Publicidade

A divisão I ou a divisão reducional
É divida em: Prófase I, Metáfase I, Anáfase I e Telófase I. 

Prófase I
E subdividida em: Leptóteno, Zigóteno, Paquíteno, Diplóteno e Diacinese. Crossing-over (troca de segmento, genes, entre cromossomos homólogos), fenômeno que proporciona a variabilidade de características entre indivíduos de uma mesma espécie.

Leptóteno 

Cromossomos pouco espiralizados.

Raramente se observa a duplicação das cromátides.

Podem-se observar os cromômeros (nódulos nos filamentos de DNA).


Zigóteno

Os cromossomos estão um pouco mais espiralizados

Os cromossomos homólogos alinham-se lado a lado (pareamento ou sinapse) para que possa ocorrer o crossing-over.

Paquíteno 


Devido ao grau de espiralização, já e possível visualizar a duplicação do DNA.

Os cromossomos homólogos em sinapse formam as tétrades ou bivalentes.

Nesta fase, ocorre o crossing-over, porem, não e visualizado devido à proximidade dos homólogos.

Diplóteno 

Os cromossomos homólogos começam a se separar, neste momento podemos visualizar os pontos onde ocorre o crossing-over.

Os locais onde o crossing-over é visível são chamados Quiasma.

O número de quiasmas revela o número de crossing-over ocorrido.

Diacinese 

Já desapareceram a carioteca e o nucléolo.
Os centríolos já atingiram os pólos opostos, e o fuso acromático já está formado.
Os cromossomos homólogos espalham-se aos pares pelo citoplasma para se ligarem às fibras do fuso.

Observamos o final do crossing-over (terminalização dos quiasmas).

Metáfase I

Os cromossomos atingem o grau máximo de espiralização e alinham-se na placa equatorial da célula.

No alinhamento, os homólogos estão lado a lado (em sinapse, pareados), pois cada um se ligara a uma fibra que o tracionara para o pólo oposto ao seu homologo.

Anáfase I

Os cromossomos são tracionados para os pólos das células, sem ocorrer divisão dos centrômeros.
Assim, os homólogos separam-se (disjunção cromossômica) migrando para os pólos com o DNA ainda duplicado, reduzindo, assim, o número de cromossomos a metade.

Telófase I 

1. Os cromossomos chegam aos pólos da célula ainda com o DNA duplicado e em número haplóide (n).

2. Reaparecem a carioteca e o nucléolo.

3. Os centríolos individualizam-se.

4. O citoplasma dividi-se pelo movimento de citocinese.

Recomendados para você

Comentários

+ Artigos relacionados