Colégio Web

A Arte de Guerra é um bom livro?

Publicidade

Considerado um verdadeiro tratado de estratégia militar, o livro A Arte da Guerra, escrito por Sun Tzu durante o século IV a. C., é composto por 13 capítulos, que procuram abordar todos os aspectos principais da guerra.

O livro foi, por muito tempo, usado apenas por estrategistas militares, sendo amplamente estudado pelas escolas militares de praticamente todo o mundo, até os dias de hoje.

Mas o fato é que depois de anos sendo apenas enaltecido pelos militares, o livro A Arte da Guerra acabou sendo trazido até os dias de hoje, sendo muito lembrado como exemplo de estratégia dentro do mundo corporativo.

Mas a grande pergunta que muitas pessoas acabam se fazendo é se de fato o livro A Arte da Guerra é um bom livro, que merece toda a “chuva” de elogios que sempre recebe de todos. Vamos descobrir!

Muito além da estratégia militar

Sun Tzu Arte da Guerra

Apesar de por anos e anos ter sido lembrado por todos apenas como um excelente livro sobre estratégias militares, o fato é que o livro A Arte da Guerra conseguiu mostrar para todos que o que está contido em suas páginas vai muito além dos limites da estratégia e do pensamento militar.

A verdade é que os ensinamentos do general chinês Sun Tzu conseguem ser muito mais amplos, abrangendo uma série de questões que podem ser traduzidas para a nossa realidade moderna, como a gestão de pessoas, por exemplo.

Todo o planejamento que Sun Tzu prega em relação à organização das tropas e tudo mais, como a disciplina e muito mais, tem a ver com a gestão de pessoas pura e simples, o que torna a transição para os dias atuais muito mais fácil e lógica de ser feita.

Sun Tzu, entre outras coisas, aponta para o fato de que sempre que uma tropa não é capaz de seguir as ordens de seu comandante, a grande culpa está em cima do líder, não dos comandados.

Este ponto é central dentro do livro inteiro, e por este motivo, para muitos, A Arte da Guerra também pode ser considerado um livro sobre liderança e sobre como exercê-la no dia a dia.

Tzu Sun

Gestão de pessoas e competição no mundo corporativo

Além da gestão de pessoas, que é um dos temas centrais dentro do livro A Arte da Guerra, que também aborda questões sobre liderança, como já foi dito anteriormente, o fato é que nele também é possível encontrar muitas questões estratégicas que podem elucidar disputas dentro do mundo corporativo atual.

Empresas rivais de mercado acabam, em certo ponto, levando esta rivalidade para níveis muito próximos aos de uma verdadeira guerra corporativa, o que torna o livro essencial para quem deseja se dar bem dentro desta realidade tão competitiva.

Dicas sobre estratégias importantes, como a que diz que é fundamental conhecer seu inimigo (por meio de espionagem), para depois atacá-lo, podem ser extremamente importantes e úteis para líderes de empresas nos dias de hoje.

Portanto, com base em tudo isto, é perfeitamente possível afirmar que o livro A Arte da Guerra é sim, um dos melhores livros de todos os tempos, e deve ser leitura obrigatória, com certeza!

Recomendados para você

Comentários

+ Artigos relacionados