Colégio Web

Você já ouviu falar da Guerra Civil Espanhola?

Publicidade

Muitas pessoas já ouviram falar de conflitos importantes que ocorreram durante o século XX, com especial destaque para a Primeira Guerra Mundial e para a Segunda Guerra Mundial.

Mas o fato é que há outros conflitos, menos abrangentes e mais localizados, que envolveram países específicos e que tiveram importância considerável para eventos importantes do século XX e que ainda causam efeitos nos dias de hoje.

Um destes conflitos é a Guerra Civil Espanhola, que vamos detalhar nas próximas linhas para que você entenda melhor o que veio a ser este conflito que até hoje em dia ainda traz reflexos dentro da lógica espanhola como nação.

As origens

Guerra Civil Espanhola

Depois de um golpe de estado orquestrado por um setor do exército espanhol contra o legítimo governo democrático da Segunda República Espanhola ter fracassado, alguns militares rebeldes acabaram dando início ao que se conhece hoje como Guerra Civil Espanhola.

A Guerra Civil Espanhola ocorreu de 17 de julho de 1936 até 1º de abril de 1939, sendo que como resultado, acabou tendo a vitória dos militares rebeldes que tinham orquestrado o infame golpe de estado anteriormente.

Com isto, um regime ditatorial com forte viés fascista foi instalado na Espanha, tendo como líder máximo o frio e cruel general Francisco Franco, que tinha grande afinidade com os líderes nazistas, especialmente com Adolf Hitler, que acabaria por mergulhar a Europa na terrível Segunda Guerra Mundial, que começaria pouco depois.

Os conflitos

Você já ouviu falar da Guerra Civil Espanhola

Com o apoio maciço do exército, e contando com uma ajuda nazista, Franco acabou por exterminar qualquer chance de revolta contra seu governo e contra a sua ditadura de viés fascista.

O conflito despertou o interesse de grupos vindos de outros lugares da Europa e do mundo, que eram simpatizantes da causa republicana, que queria restaurar um governo democrático na Espanha.

Com isto, jornalistas, escritores e também soldados vindos da União Soviética, que tinha interesse em fortalecer os movimentos de esquerda dentro da Espanha, começaram a combater ao lado de camponeses e de republicanos locais.

No entanto, a força maior apresentada pelo exército franquista acabou por levar à vitória a ditadura, diluindo com certa facilidade toda a sorte de grupos que tentavam lutar contra o governo de Franco.

Após a vitória consolidada, o general Franco tomou medidas importantes para calar os focos de resistência de regiões importantes, como a Catalunha e o País Basco, que tiveram que se submeter inclusive culturalmente ao domínio que vinha de Madrid, tendo que renunciar aos seus traços culturais.

Recomendados para você

Comentários

+ Artigos relacionados