Colégio Web

Independência dos EUA: Principais Atividades

Publicidade

Os colonos do Norte estenderam as suas atividades comerciais ultrapassando as fronteiras coloniais, formando os triângulos comerciais.

O primeiro triângulo teve início com o comércio de peixe, madeira, gado e outros produtos alimentícios com as Antilhas, onde obtinham rum, melaço e açúcar. Em Nova York e na Pensilvânia o melaço era transformado em rum, e junto com o rum adquirido nas Antilhas era enviado para a África em troca de escravos, que eram trazidos para as Antilhas ou para as colônias do Sul que necessitavam de mão-de-obra escrava.

O outro triângulo trocava carregamentos na Jamaica por melaço e açúcar, tais produtos eram levados para a Inglaterra onde eram trocados por tecidos e ferragens e levados aos portos de Nova York e Filadélfia.

O terceiro triângulo iniciou com o transporte de peixe, cereais e madeira para a Espanha e Portugal.

Podemos verificar que as Leis de Navegação favoreciam o desenvolvimento das colônias, pois não havia fiscalização adequada e as leis não eram aplicadas. No entanto, surgiu uma concorrência entre o comércio colonial e o comércio metropolitano, e os atritos acabaram levando ao processo de emancipação dos Estados Unidos da América.

independencia dos eua

Influência da Guerra dos Sete Anos

Disputada entre a Inglaterra e a França, a guerra dos Sete Anos ocorreu de 1756 a 1763. Os ingleses venceram a guerra e se apoderaram de quase todo Império Colonial francês, além das terras controladas pelos franceses situadas no Canadá. O Parlamento inglês tomou a decisão de cobrar dos colonos norte-americanos parte das despesas da guerra, aumentando as taxas e fortalecendo os direitos da Coroa na América.

Novos impostos ingleses

Para pagar as despesas da força militar disposta nas possessões americanas, e que contava com 10 mil homens, o Parlamento inglês decidiu cobrar novos impostos, que geravam 1/3 da quantia necessária para manter a força militar. O Sugar Act (Lei do Açúcar) foi aprovado em 1764, e o Stamp Act (Lei do Selo) foi aprovado em 1765.

  • Lei do Açúcar – impede a importação de rum estrangeiro e taxa os produtos que não fossem procedentes das Antilhas britânicas.
  • Lei do Selo – Estabeleceu a cobrança de impostos sobre documentos, exigindo a selagem em contratos, jornais, e até em baralhos e dados.

Boicotados pelos norte-americanos, os colonos e os comerciantes ingleses pressionaram o Parlamento até que as Leis do Açúcar e do Selo foram revogadas.

  • Lei dos Alojamentos – ratificada em 1765, exigia que os colonos norte-americanos pagassem pelos alojamentos e alimentação das tropas inglesas.
  • Lei do Chá (Tea Act) – aprovada em 1773, foi a causa imediata para a crise entre a colônia e a metrópole. Tal lei concedia o monopólio do comércio do chá à Companhia das Índias Orientais, o qual era do interesse econômico de vários políticos ingleses. O chá seria transportado pela Companhia diretamente das Índias para a América, prejudicando todos os intermediários situados na colônia.
  • Festa do chá em Boston – uma manifestação realizada por comerciantes vestidos de índios, que destruíram 300 caixas de chá retiradas dos navios ingleses, no porto de Boston.
  • Leis intoleráveis – em 1774 o Parlamento promulgou algumas leis em contrapartida à revolta da Festa do Chá, para conter energicamente a revolta dos comerciantes. As medidas adotadas foram: a interdição do porto de Boston até o pagamento dos prejuízos; os colonos ingleses que cometessem crimes seriam punidos e julgados em outras colônias ou na Inglaterra.

O Processo da Independência (1776-1783)

As Leis Intoleráveis provocaram a convocação do Primeiro Congresso Continental da Filadélfia, em setembro de 1774. Tal Congresso, de caráter não-separatista, envia um requerimento ao rei e ao Parlamento solicitando a anulação das Leis Intoleráveis, de modo que a igualdade de direito dos colonos se concretize.

Com a Batalha de Lexington em 1775, que terminou com a morte de colonos, estes passaram a se organizar militarmente. Este fato foi considerado o marco inicial da Guerra da Independência. Neste mesmo ano reúne-se o Segundo Congresso Continental de Filadélfia, de caráter separatista, que nomeou George Washington, da Virgínia, como comandante das tropas norte-americanas. A Declaração de Independência foi redigida por Thomas Jefferson, com a colaboração de outros 5 membros, e em 4 de julho de 1776 foi promulgada. Esta Declaração é inspirada nas idéias iluministas, defendendo a liberdade individual e o respeito aos direitos essenciais do homem.

O apoio francês contribuiu para o fortalecimento das lutas pela independência dos EUA. Os franceses cediam o capital necessário para manter o movimento e colocavam os espanhóis contra os ingleses.

Em 1781, o Exército inglês se rendeu após ser derrotado em Yorktown pelas tropas rebeldes.

O Tratado de Versalhes (1783) reconheceu a Independência dos Estados Unidos. E os aliados norte-americanos são recompensados, a França recuperou o Senegal e algumas ilhas das Antilhas, e a Espanha recebeu a ilha de Minorca e a região da Flórida.

A Primeira Constituição dos EUA foi proclamada em 1787, determinando o regime republicano presidencialista, com a separação dos poderes em Executivo (administração), Legislativo (elaboração das leis) e Judiciário (aplicação da justiça).

Recomendados para você

Comentários

+ Artigos relacionados