Colégio Web

Os Bandeirantes e o Brasil Colonial

Publicidade

Na época do Brasil Colonial, os portugueses tinham muito interesse em nosso país para a exploração do pau-brasil e da cana-de-açúcar. Todo o território brasileiro era explorado do norte ao sul do país, principalmente, as cidades que hoje chamamos de São Vicente e São Paulo.

Quem foram os Bandeirantes?

Essa exploração era feita pelos portugueses que usavam a força e o trabalho do povo indígena e dos escravos trazidos de outros países. Para garantir o sucesso de toda a exploração os portugueses precisavam de homens corajosos e valentes na organização de expedições com o intuito de capturarem os índios e escravos fugitivos, exterminando os quilombos. Além de que tinham o objetivo de desvendar novas terras, novas riquezas minerais, principalmente, a prata e o ouro. Esses homens eram chamados de Bandeirantes.

Bandeirantes Tratado Tordesilhas

Os bandeirantes eram homens rudes que usavam roupas simples e eram leais aos seus objetivos. Eles também foram conhecidos como os sertanistas, pois penetravam nos sertões se entranhando nas matas e percorrendo os caminhos perigosos pelos rios, pois conheciam os caminhos do sertão e os hábitos sertanejos. Agiam dessa forma na tentativa de capturar os escravos e índios fugitivos e eram violentos. Os bandeirantes também sabiam falar a língua tupi e andavam sempre armados.

Os bandeirantes colaboraram para a construção da história do país, e foram chamados de os “desbravadores do Brasil”.  Nesse sentido entendemos como desbravadores o significado de conquistadores ou exploradores.

Os Principais bandeirantes foram:

  • Fernão Dias Pais
  • Manuel Borba Gato
  • Bartolomeu Bueno da Veiga (Anhanguera)
  • Domingo Jorge Velho
  • Antônio Raposo Tavares
  • Nicolau Barreto
  • Manuel Preto

Os bandeirantes planejavam e organizavam expedições que eram chamadas de Bandeiras. Eles foram considerados os desbravadores do território brasileiro por expandirem nosso território além do que determinava o Tratado de Tordesilhas. Vamos entender melhor o que determinava o Tratado de Tordesilhas?

O que foi o Tratado de Tordesilhas?

Tratado Tordesilhas

Os europeus (portugueses e espanhóis), em busca de novas terras e novas riquezas, pretendiam dominar e ocupar todas as terras que ainda não tinham sido descobertas ou invadir as terras de povos que não eram civilizados e sendo assim poderiam ser dominados.

Eles viajavam em grandes navegações iniciando uma grande disputa pelas terras. Essa disputa era realizada entre os portugueses e os espanhóis, que entraram num acordo dividindo as terras que já haviam sido descobertas e as terras que ainda tinham para descobrir.  Essa divisão foi realizada pelo papa Alexandre VI que criou um documento oficial chamado “Bula” em que constava a divisão das terras.

Essa divisão estabelecia que as terras localizadas a 100 léguas a contar das Ilhas de Cabo Verde seriam de Portugal e as terras que ficassem além da linha da seriam da Espanha.  Portugal ainda não se sentia confortável com essa divisão e solicitou a revisão do documento alterando os termos em que constavam os limites das terras. As terras foram alteradas para 370 léguas a leste de Cabo Verde pertenceriam a Portugal, enquanto que as terras a oeste da mesma linha pertenceriam à Espanha. Sendo assim, estava firmado o Tratado de Tordesilhas assinado em 1494.

Recomendados para você

Comentários

+ Artigos relacionados