Colégio Web

O que foi a sociedade das nações?

Publicidade

A sociedade das nações, ou Liga das nações, foi uma organização internacional fundada em 1919 em Versalhes, na França, posteriormente mudando a sede para Genebra – Suíça, em novembro de 1920. Nessa sociedade, as potências vencedoras da Primeira Guerra Mundial se reuniram para negociarem um acordo de paz. Bem semelhante à atual ONU (Organização das Nações Unidas), embora não dispusesse de qualquer corpo militar (ou Força da Paz) em regiões de conflito. A liga se encerrou em 20 de abril de 1946.

O Tratado de Versalhes

Uma vez criada à organização internacional, e tendo em vista o acordo de paz, foi assinado então em 28 de junho de 1919, o chamado Tratado de Versalhes. O tratado contou com a assinatura de potências europeias, encerrando assim oficialmente a Primeira Guerra Mundial. O tratado ainda determinou que a Alemanha arcasse com todas as responsabilidades por causar a guerra.

Sociedade Nações

14 Pontos e a exclusão dos Estados Unidos

Baseada na proposta de paz, conhecida como “Quatorze Pontos”, idealizada pelo presidente estadunidense Woodrow Wilson, propunham bases de paz e reorganização das relações internacionais logo após a Primeira Guerra, constituindo os 30 primeiros artigos do Tratado de Versalhes. A recusa do Congresso estadunidense em afirmar a proposta deixou os Estados Unidos fora da sociedade.

Estrutura e organização

A sociedade era composta de Secretariado (dirigido pelo secretário geral, em Genebra), responsável por todos os assuntos administrativos; a Assembléia, que nada mais era do que uma reunião com todos os estados-membros; o Conselho que representava uma espécie de poder executivo da Liga e o Tribunal Permanente de Justiça Internacional, que lidava com questões internacionais relevantes, como organização da saúde, desarmamento, refugiados e etc.

sociedade das nações

Participação do Brasil na Sociedade das nações

O Brasil foi um membro fundador da sociedade das nações, porém, abandonou a organização em 1926. O presidente Artur Bernardes tinha em vista que o Brasil era um país com uma potência em crescimento, e, sendo assim, queria um assento permanente no Conselho. Logo foi contra a admissão da Alemanha à Liga, para evitar uma crise eminente, baseada no Tratado de Versalhes. O isolamento brasileiro resultou em sua retirada. A atitude foi mal vista e causou embaraço entre os outros membros do exterior.

O fim

A Liga surgiu com o objetivo de evitar novas guerras. Porém, não conseguiu impedir a eclosão da Segunda Guerra Mundial, em 1949. Com a fraqueza da Liga, não existiram reuniões durante o conflito, e ela deixou de existir.

Recomendados para você

Comentários

+ Artigos relacionados