Colégio Web

O que é o evangelho?

Publicidade

Muitas pessoas, mesmo as que exercem a fundo as atividades de sua religião, não sabem o real significado do que é um evangelho. A palavra grega “evangelho”, que significa “boa mensagem” e deu origem a palavra portuguesa “evangelista”, é a mensagem composta por relatos, discursos e testemunhos pela qual levamos o ensinamento sobre o nome e a história de Deus.

Quando alguém prega um evangelho, essa pessoa está passando adiante seus conhecimentos sobre a vida de Deus. O Novo Testamento, por exemplo, é formado por quatro evangelhos que são vistos como os únicos evangelhos aceitos para a maioria dos cristãos. Esses são chamados de evangelhos canônicos.

Após a criação desses quatro evangelhos, com o tempo foram surgindo muitos outros e esses são denominados evangelhos apócifros.

Hoje em dia, ainda há evangelhos sendo escritos ou ainda são feitas releituras dos evangelhos que já existem. Dois exemplos: O evangelho segundo o Espiritismo e O evangelho segundo Jesus Cristo.

O que é o evangelho

Diferença entre os tipos de evangelhos

Canônicos: são os evangelhos escolhidos para compor o Novo Testamento da Bíblia, descritos por Mateus, Lucas, João e Marcos. Esse nome se dá por esses evangelhos terem sido eleitos legítimos pelo cristianismo primitivo e por outros grupos formados mais tarde.

  • O primeiro evangelho, o de Mateus, teve o intuito de fazer com que os judeus acreditassem que Jesus chegaria como Messias. Ele cita o Antigo Testamento e as profecias a respeito desse ungido;
  • Marcos era discípulo de Pedro e escreveu seu evangelho com o objetivo de levar seus ensinamentos aos romanos. Para isso, ele utiliza as ações e as quatro parábolas de Jesus;
  • Lucas escreveu o seu evangelho para os não-judeus e os humildes de coração relatando a salvação de Jesus Cristo como a misericórdia de Deus;
  • O de João, último dos evangelhos, tem como finalidade acabar com negação da verdadeira encarnação de Jesus Cristo e outras teses semelhantes, que negavam a divindade de Jesus.

Apócifros: são todos os outros evangelhos que foram escritos na antiguidade. Entre eles, há evangelhos anônimos e outros escritos por apóstolos de Cristo (Tomé, Filipe, Pedro, Judas e também o de Maria) – estes foram encontrados manuscritos no Egito.

Mas, o cristianismo não reconheceu esses evangelhos e, por isso, eles não fazem parte do Novo Testamento.

Evangelho

Curiosidade

Ainda há uma curiosidade sobre os evangelhos: a semelhança presente na narração das histórias nos evangelhos de Lucas, Marcos e Mateus. Por conter tal semelhança, esses três evangelhos são chamados de “evangelhos sinóticos” – que significa “junto ver”.

Eles foram denominados dessa forma após os exegetas alemães perceberem que os três são contados com uma mesma linguagem, além de compartilharem o mesmo ponto de vista. O evangelho de Mateus, primeiro a ser escrito, foi seguido coerentemente pelo evangelho de Marcos e o mesmo aconteceu com o de Lucas.

Sendo assim, o único evangelho que não faz parte dos evangelhos sinóticos, é o de João, já que ele relata uma história de Deus totalmente diferenciada dos demais.

Curtiu? Compartilhe!

Recomendados para você

Comentários

+ Artigos relacionados