Colégio Web

Incas, Maias e Astecas: diferenças culturais

Publicidade

Alguns dos maiores povos da história da humanidade, os incas, maias e astecas são, muitas vezes, confundidos por suas origens, suas características culturais e outros aspectos que envolvem suas polemicas histórias.

Mas a principal diferença entre esses povos é que os maias são a civilização mais antiga, tendo se estabelecido em uma região onde nos dias de hoje se localiza o México.

Confira abaixo as principais características e diversidade de cada um desses povos para poder compreender a diferença entre eles e também as suas semelhanças.

Civilização Maia

Este povo habitou as regiões em que havia florestas tropicais, locais que hoje em dia se localizam Honduras, Guatemala e a Península de Yucatan (que é localizada na parte sul do México, que, como já dito anteriormente, foi uma das regiões por eles habitadas).

Estas regiões foram habitadas pelos povos maias entre os séculos IV a.C. e IX a.C., porém, entre os séculos IX e X, os povos toltecas começaram com invasões na região e dominaram o povo que lá habitava antes.

Pelo fato de nunca terem formado um império unificado, as invasões a seus territórios eram mais fáceis de serem realizadas. As cidades constituíam o núcleo político e religioso da civilização, sendo governadas por um estado teocrático.

Incas, Maias e Astecas: diferenças culturais

Apenas os nobres, os sacerdotes, os chefes militares e administradores do império poderiam habitar a zona urbana. O restante do povo, os camponeses, artesãos e trabalhadores urbanos tinham que pagar altas taxas de impostos.

A arte e arquitetura da civilização eram dadas por meio de suas pirâmides. Porém, a base de sua economia era a agricultura, sendo que a principal plantação era a de milho, feijão e outros tubérculos. As técnicas de irrigação eram extremamente avançadas e o comercio era praticada com civilizações vizinhas.

Eram politeístas, acreditando em vários deuses e elaboraram um calendário bem complexo que estabelecia o ano com uma divisão de exatamente 365 dias.

Civilização Asteca

O povo asteca era conhecido por ser guerreiro, tendo habitado também a região do atual México entre os séculos XIV e XVI, tendo fundado Tenochtitlán que hoje é a atual cidade do México, no século XVI.

O chefe do exército era, também, o imperador, sendo essa sociedade hierarquizada e comandada por ele. Grande parte da população era composta por trabalhadores urbanos, camponeses e artesãos, sendo que o imperador os obrigava, certas vezes, a realizar diversos trabalhos compulsórios.

Incas, Maias e Astecas: diferenças culturais

O império começou a ser destituído a partir de 1519, com o começo da invasão espanhola. Eles dominaram a civilização asteca e forçaram-nos a trabalhar como espécies de escravos.

As sementes de cacau eram utilizadas como moeda de troca, e a civilização ficou conhecida por suas ótimas técnicas de agricultura. Assim como os maias, eram politeístas, utilizando, também de seu calendário, porém com algumas modificações.

Civilização Inca

Esse antigo povo viveu no que hoje é a chamada Cordilheira dos Andes, nos países como o Peru, Bolívia, Chile e Equador. A capital do império, a consagrada Cusco, foi fundada no século XIII.

Em 1532, foram dominados pelos espanhóis. Seu imperador era considerado um deus na Terra, sendo a sociedade dividida entre a camada nobre, a camada média e classe mais baixa, que sempre constitui de camponeses e artesãos.

Foram fortes na arquitetura, tendo construído construções com enormes blocos de pedras encaixadas que eram casas, palácios e templos, por exemplo. A agricultura também era extremamente desenvolvida, com diversos canais de irrigação sendo construídos.

Na religião, seu principal deus era o Sol, entretanto, alguns animais, como o condor e o jaguar também eram cultuados. Também desenvolveram a arte dos números, tendo criado o quipo, instrumento feito de cordas coloridas em que somavam e registravam suas colheitas.

Recomendados para você

Comentários

+ Artigos relacionados