Colégio Web

Como o Japão se reconstruiu após as bombas atômicas?

Publicidade

Muito tem se falado do medo de que um conflito atômico acabe se desencadeando no mundo, especialmente por conta dos impasses das relações internacionais da Coréia do Norte e também do Irã.

Para um mundo que ainda vive sob ameaça constante de um desastre nuclear, nada é mais importante do que saber como se reconstruir depois de uma catástrofe destas.

E um dos exemplos mais importantes vem do Japão, que teve duas cidades devastadas pelas primeiras bombas atômicas que o mundo já viu, e que mesmo assim conseguiu se reconstruir rapidamente e se tornar uma das economias mais importantes do mundo moderno.

Portanto, nas próximas linhas nós vamos procurar descobrir como o Japão conseguiu se reconstruir após as bombas atômicas que foram despejadas sobre Hiroshima e Nagasaki ao final da Segunda Guerra Mundial.

Bombardeios

Hiroshima

O Japão, antes do final da Segunda Guerra Mundial, já estava praticamente derrotado e sem forças de continuar no conflito, mas como uma forma de demonstração de poder, os Estados Unidos decidiram usar a recém-criada bomba atômica no país.

Para mostrar ao mundo, especialmente à outra grande potência mundial, a União Soviética, que liderava o chamado bloco comunista, como era poderosa sua nova arma, os Estados Unidos não hesitaram em atirar duas bombas atômicas em duas cidades japonesas, Hiroshima e Nagasaki.

Os bombardeios ocorrem entre 6 e 9 de agosto de 1945, e entraram para a História como uma demonstração de como a guerra pode ser considerada terrivelmente cruel, já que milhares de pessoas foram mortas pelos ataques.

As bombas receberam nomes: Little Boy (matou mais de 140 mil pessoas), que foi lançada em Hiroshima dia 6 e Fat Man (matou mais de 80 mil pessoas), que foi lançada em Nagasaki no dia 9.

Reconstrução

Hiroshima Hoje

No entanto, apesar de ter duas cidades importantes completamente devastadas pelas duas bombas atômicas que foram lançadas num intervalo de apenas 3 dias, o fato é que o Japão conseguiu se reerguer economicamente rapidamente.

Com planos econômicos que buscavam desenvolver rapidamente as indústrias de base e também tecnológicas do país, o Japão seguiu realizando intercâmbios com algumas das nações mais importantes do ocidente, para ter insumo para realizar este desenvolvimento.

Com isto, a indústria automobilística se desenvolveu rapidamente, com a produção de carros de passeio e de transporte leve que foram exportados para diversos países do mundo.

E a indústria tecnológica também, com a criação de diversas empresas importantes, que passaram a desenvolver parte do que hoje se entende como uma das economias mais importantes do mundo, que conseguiu se reerguer em menos de 40 anos.

Recomendados para você

Comentários

+ Artigos relacionados