Colégio Web

Aníbal: o homem que deu um susto em Roma

Filho de Amílcar Barca, Aníbal nasceu em Cartago, no ano de 248 a. C., e acabou por se tornar um dos maiores generais que o mundo já viu.

Publicidade

Muita gente acredita que, pelo tamanho de suas conquistas, Alexandre, o Grande, tenha sido o maior estrategista de todos os tempos. Ou então, por causa de seu espetacular livro A Arte da Guerra, Sun Tzu o seja.

Mas o fato é que, poucos, podem se dar ao luxo de ter derrotado por diversas vezes o poderoso exercito do Império Romano durante o seu auge, e poucos, podem dizer que conseguiram realmente, assustar Roma.

Pois é sobre o único homem que conseguiu essa façanha, que falaremos a seguir. É sobre Aníbal de Cartago. Vamos conhecê-lo?

Aníbal o homem que deu um susto em Roma

Filho de Amílcar Barca, Aníbal nasceu em Cartago, no ano de 248 a. C., e acabou por se tornar um dos maiores generais que o mundo já viu.

E todo o seu talento estava em seus genes, já que seu pai havia sido o principal comandante do exercito cartaginês durante a Primeira Guerra Púnica, onde Cartago lutou com o Império Romano pela primeira vez.

Aníbal atuou como um dos principais generais durante a Segunda Guerra Púnica, que também se deu contra o Império Romano.

Os motivos dessas duas disputas era o controle do Mar Mediterrâneo, que era uma importante rota de comércio.

Inspiração de Alexandre

O pouco que se sabe sobre a juventude de Aníbal, é que ele teve como preceptor um grego espartano, que lhe ensinou o alfabeto grego e lhe deu iniciação na história de Alexandre, o Grande.

Com isso, Aníbal passou a se sentir inspirado pelo grande conquistador do mundo antigo, e passou também, a reunir o que os gregos conhecem pelo nome de Métis, que é um modo de raciocínio baseado na astúcia e na inteligência.

Essa característica, aliada à inspiração de Alexandre, acabariam por pautar a vida de Aníbal, que viria a se tornar o “pai da estratégia”, segundo expressão de um historiador militar chamado Theodore Ayrault Dodge.

Anibal

Aníbal havia jurado se vingar de Roma, por todas as dificuldades infligidas pelo Império Romano aos cartagineses.

E seguindo a linha de ódio aos romanos que lhe foi transmitida por seu pai, Aníbal reuniu um exército formidável, e partiu pela Hispânia, onde hoje é a atual Espanha, para empreender uma das mais audaciosas missões: atacar o Império Romano onde ele jamais esperaria, em sua capital, Roma.

Aníbal usou elefantes africanos e partiu com seus homens até atingir a cadeia de montanhas dos Pireneus, onde, devido às condições climáticas, perdeu muitos homens e elefantes.

Mas com o apoio dos habitantes locais, e com as suas estratégias impressionantes, Aníbal conseguiu causar muitas derrotas aos romanos, que só conseguiram derrotá-lo muito tempo depois, quando ele, diante da iminência de ser capturado, optou por tirar a própria vida.

Aníbal foi um dos poucos que conseguiram, no auge de Roma, atingir os portões da cidade eterna, e isso é lembrado até hoje.

Recomendados para você

Comentários

+ Artigos relacionados