Colégio Web

Alexandre, o Grande!

Conheça detalhes sobre o imperador da Macedônia

Publicidade

O Império Macedônico foi considerado como um dos maiores impérios no período da Antiguidade. E um dos principais imperadores que o governou foi Alexandre Magno, também conhecido como Alexandre, o Grande.

A “alcunha” é explicada pela acentuada expansão conquistada por Magno, que alargou as fronteiras do Império, levando-o da Grécia à Índia.

Foi também por conta dessa expansão que houve o encontro das culturas do Oriente com as do Ocidente.

Histórico de guerras dos macedônicos

Os macedônicos eram originários do povo grego e permaneceram localizados ao norte da Grécia. O regime de centralização do poder político era o que prevalecia para esses povos, diferentemente das cidades-estado de outras regiões da Grécia.

O rei Felipe II, nesse período, fortaleceu esse governo centralizador. Com o aumento das guerras, Felipe II percebeu o enfraquecimento do império. Assim, ousou ainda mais para conquistar a Grécia. Em algumas regiões o domínio macedônico foi pacífico. O governo de Felipe II foi iniciado em 359 a.C. e em 338 a.C. Nesse intervalo, Tebas e Atenas já haviam sido dominadas.

Falanges triunfaram

Alexandre, o Grande!

Para garantir a importante vitória do exército macedônico um elemento foi essencial: as falanges. Fortes unidades militares, com muito armamento e excelentes estratégias fizeram com que Felipe II unificasse a Grécia, mantendo um governo centralizado. Porém, na guerra contra os persas, acabou sendo assassinado e o seu filho Alexandre Magno ou Alexandre assumiu o posto de Felipe II.

Persas derrotados por Alexandre

Quando Felipe II morreu, Alexandre contava com apenas 20 anos. Havia sido educado pelo filósofo Aristóteles. Com os conhecimentos aprendidos, o imperador contribuiu para a cultura grega e levou tais conhecimentos aos povos dominados por ele. A essa expansão da cultura deu-se o nome de helenismo ou fusão das culturas orientais e gregas.Alexandre, o Grande!

Dando continuidade aos planos de Felipe II, conseguiu unir gregos e macedônicos e derrotou os persas em 334 a.C.

Em uma década de batalhas, o exército de Alexandre percorreu o Oriente Médio, Egito e Índias. Nas batalhas, derrotou grande parte dos reinos da região.

Foi um grande império, construído da Macedônia até à Índia, Oriente e oeste do Egito. Algumas cidades construídas pelo imperador receberam o nome de Alexandria. Uma das mais famosas e visitadas foi a Alexandria construída no Egito.

Morte aos 23 anos

Toda a glória e esplendor de Alexandre foram vividas, mas por pouco tempo. Magno morreu aos 33 anos de idade, no período de 323 a.C. Todos os territórios que ele conquistou junto com seu exército foram separados e distribuídos aos seus respectivos generais.

A morte precoce de Alexandre também foi marcante, sendo considerada um divisor entre o derradeiro período das civilizações gregas na Antiguidade.

Muitos livros e até mesmo um filme já retratou toda a trajetória do filho de Felipe II e suas inúmeras batalhas. O exército de Alexandre, a eficiências das falanges que o antecederam também estão bem presentes nos filmes que retratam esse rico período da história.

Quer saber mais detalhes sobre o assunto? Acesse outros artigos do nosso site!

Recomendados para você

Comentários

+ Artigos relacionados