Colégio Web

Afinal, como vivem os judeus?

1Volta e meia observamos comentários das mais diversas matizes a respeito de um famoso povo do mundo antigo: os judeus. Quando se fala em dinheiro, nos momentos em que as questões religiosas estão acirradas, ou mesmo por conta de algum aspecto muito particular da cultura judaica. Mas, afinal, como vivem os judeus?

Publicidade

Inicialmente, vale entender que o termo judeu passou a ser utilizado para quando nos referimos a um específico grupo étnico-religioso que surgiu no espaço do Oriente Médio, por quase 3300 anos atrás. Com diversas influências de outras culturas, o povo judeu conseguiu perpetuar a sua importância por dar extremo valor às tradições. A religião e o idioma são dois exemplos claros de como o componente da tradição acaba sendo delineador da cultura judaica.

Vocês vão achar curioso, mas para ser entendido como um judeu o indivíduo deve corresponder a dois elementos que estão descritos de forma muito enfática na principal lei da Torá, a bíblia judia: ter nascimento a partir de uma mãe judia. Caso isso não tenha ocorrido, aquele ser poderá passar por um processo de conversão até conseguir tornar-se judeu. Todas as regras da Halachá deverão ser observadas e, no caso dos homens, a circuncisão é obrigatória. Ele vai ser imerso em um espaço constituído por fontes naturais conhecido como micvê casher (micvê quer dizer “junção” (de águas). Muito parecido com um piscina, tem o propósito de trazer pequenos detalhes das leis judaicas e é usado para os rituais do povo judeu.

O indivíduo que se pretende ser partícipe do mundo judeu precisará aceitar todos os mandamentos da Torá, especialmente os cinco livros iniciais da Tanakh, o cânon da bíblia hebraica. As conversões são analisadas e supervisionadas por um Bet Din (Tribunal Rabínico) grupo de eruditos bastante iniciados nas tradições da Halachá que a utilizam em todo o cotidiano.

O surgimento dos judeus

2O patriarca Abraão teria dado origem ao povo judeu e é considerado um importante elemento para a história da religião cristã ou mesmo islâmica. Com Isaque, filho de Abraão, teriam surgido os primeiros judeus, semitas que da mesma forma que os árabes e outros povos do oriente médio acabaram se misturando a diferentes culturas e comunidades de grande parte do mundo.

Assim, temos que ao longo da história do povo judeu, houve bastante autonomia especialmente no campo político. Um exemplo claro é que na formação do estado de Israel foram várias as influencias do povo judeu.

Mesmo com todas as revoltas e massacres que sofreram depois de iniciadas essas lutas na formação do estado de Israel, temos que em 1948 o Holocausto terminou por colocá-los em evidência ao longo de toda a Segunda Guerra Mundial. Assim, depois de todo o sofrimento, o povo judeu passa a ter condições de criar o estado independente na área da Palestina que era dominada pelos turcos, sendo ainda administrada em uma parte do tempo pelos povos da Grã-Bretanha.

Atualmente, as maiores comunidades judaicas residem nos Estados Unidos, seguidas da população do Estado de Israel, um dos únicos estados que baseia seus preceitos religiosos, assim como o Vaticano, Irã e Paquistão. O Brasil tem registrada a décima maior comunidade judaica do mundo.

Recomendados para você

Comentários

+ Artigos relacionados