Colégio Web

Guerra dos Farrapos

Publicidade

A Guerra dos Farrapos ocorreu no estado do Rio Grande do Sul entre 1835 a 1845. Nessa época o Brasil era governado pelo Regente Feijó 

O m para esta rebelião foi as grandes diferenças de ideais entre dois partidos: um que apoiava os republicanos (os Liberais Exaltados) e outro que dava apoio aos conservadores (os Legalistas). 

No ano de 1835 os rebeldes Liberais, comandados por Bento Gonçalves da Silva, dominaram Porto Alegre, fazendo com que as forças imperiais fossem obrigadas a saírem da região. 

Depois de terem seu líder Bento Gonçalves capturado e preso, durante uma batalha ocorrida na ilha de Fanfa ( no rio Jacuí), os Liberais não se deixaram abater e sob nova liderança (de António Neto) tiveram outras vitórias.

Em novembro de 1836, os revolucionários proclamaram a República em Piratini e Bento Gonçalves, ainda preso, foi nomeado presidente. Somente no ano de 1837, após conseguir fugir da prisão, é que Bento Gonçalves finalmente assume a presidência da República de Piratini.

Mesmo com as forças do exército da regência, os farroupilhas comandados por Davi Gonçalves, conquistaram a vila de Laguna, em Santa Catarina, proclamando, desta forma, a República Catarinense. 

Mas em 1842, o governo nomeou Luiz Alves de Lima e Silva para comandar as tropas que deveriam os farroupilhas.

Após três anos de batalha e muitas derrotas, os "Farrapos" tiveram que aceitar a paz proposta por Duque de Caxias. Com isso, em 1845, a rebelião chegou ao final.

Recomendados para você

Comentários

+ Artigos relacionados