Colégio Web

A Grécia

Grécia 


1. Formação Geográfica e Povoamento

Publicidade

Os domínios da Grécia antiga abrangiam o sul da península Balcânica (nas ilhas dos Mares Egeu e Jônio) e o litoral da Ásia Menor (atual Oriente Médio).

Os primeiros habitantes indo-europeus (tribos de origem ariana) – aqueus, jônios, eólios e, por último, os dórios – chegaram por volta de 1.200 a.C. a 1.100 a.C., e miscigenaram-se, formando as primeiras civilizações neolíticas gregas.

2. Divisão da História grega

a) Pré-Homérico

As primeiras civilizações que se desenvolveram na Grécia Antiga foram Cretense (ou Minóica) e Micênica.

Em Creta, a população estava submetida a um regime de servidão coletiva, semelhante aos Estados agrícolas orientais. A sociedade minóica (relativo a Minos, o lendário rei de Creta) possuía uma agricultura especializada e dedicava-se ao comércio marítimo.

Os aqueus, primeiramente, estabeleceram-se na Grécia Continental, por volta de 1.400 a.C., onde fundaram a cidade de Micenas. A sociedade micênica, após conquistar Creta, dominou até por volta de 1.100 a.C.

Entre 1.200 a.C. e 1.100 a.C., ocorreram as invasões dóricas, em que se utilizaram armas de ferro. Os dórios conquistaram toda a Grécia Continental, o Peloponeso e Creta, provocando a Primeira Diáspora grega.

b) Período Homérico

O nome “Homérico” foi dado em alusão às duas obras do poeta Homero: Ilíada, que narra a guerra de Tróia, e Odisséia, que conta a trajetória de Ulisses quando do seu retorno a Ítaca.

As invasões dóricas, nesse período, fizeram desaparecer a vida urbana e os traços culturais conquistados pelos creto-micênicos: a escrita, as técnicas de produção industrial e comercial, etc.

O crescimento demográfico modificou a estrutura das leis. Criou-se, então, o direito de primogenitura, segundo o qual as propriedades passaram a ser herdadas pelos primogênitos, originando-se, assim, a propriedade privada. Uma grande parte da população imigrou em busca de novas áreas de cultivo (Segunda Diáspora). Uma outra parte, os tetas, tornou-se trabalhadora nas terras dos novos aristocratas. Apareceram, também, em número reduzido, os primeiros escravos.

Nesse período, um grupo de pessoas – os demiurgos – dedicou-se ao trabalho artesanal.
No plano político, a desagregação das genos (reunião, em um mesmo lar, de todos os descendentes de um mesmo antepassado) diluiu o poder do Basileus (reis). Os eupátridas (nobres aristocratas) restringiram o seu poder e subordinaram-no ao Conselho de Anciãos que, por sua vez, passou a ter poder deliberativo.

c) Arcaico 

A cidade-estado grega surgiu a partir da desagregação das genos, período em que ocorreu uma gradativa diferenciação social, propiciada pela divisão da sociedade em classes sociais distintas. Nessa época, o poder político passou a ser centralizado nas mãos da aristocracia rural.

Recomendados para você

Comentários

+ Artigos relacionados