Colégio Web

Gravidez Ectópica

Publicidade

É a gestação que ocorre fora da cavidade uterina. Na gravidez ectópica, o ovo fecunda-se fora do útero e o embrião desenvolve-se na trompa de Falópio, que é incapaz de suportar o seu desenvolvimento, pois o embrião desgasta as paredes da trompa, ocasionando uma hemorragia e um rompimento da trompa, provocando a morte do feto. Se não houver um ipedloucura2a mãe corre um sério risco de vida também. 

tratamento: 

O tratamento da gravidez ectópica depende muito da situação que a gestante e o feto se encontram.
Quando a mulher ainda está com o embrião na trompa, e ela ainda não se rompeu, o tratamento pode ser um medicamento para suspender a gravidez, e logo ela passa por uma série de exames para confirmar o rompimento da gravidez. 

Outro método de tratamento é a Laparoscopia, um instrumento que é introduzido no interior da gestante para a retirada do embrião, sem prejudicar a mulher. 

Após a um tratamento de gravidez ectópica, a mulher deve passar no mínimo três meses utilizando métodos anticoncepcionais, para que os tecidos afetados se recuperem para uma nova gravidez. 

Sintomas: 

Os sintomas da gravidez ectópica são os mesmos de uma gravidez normal, mas, além disso, a gestante tem hemorragia vaginal, muitas dores na região abdominal e pélvica. E no caso de rompimento da trompa pode ocorrer tontura provocando até um desmaio.

Recomendados para você

Comentários

+ Artigos relacionados