Colégio Web

As consequências da expansão marítima

1Com a rota das Índias, outras regiões de comércio entraram em crise na Europa. O Atlântico superou o Mediterrâneo. Da América e Oriente chegavam as riquezas. A burguesia europeia foi se adaptando aos poucos a tais mudanças.

Publicidade

O comércio interno da Europa foi sendo somado às trocas externas. Outros continentes também recebiam os produtos da Europa.

A África passou por mudanças demográficas, com o envio de escravos para a América e ganhava produtos manufaturados por pagamento. Esse era o cenário do fortalecimento da burguesia com as expansões marítimas. Um sistema financeiro nascia, com letras de câmbio, notas e formatos diferentes de crédito. Os monarcas recebiam carga maior de impostos e outros investidores passaram a ganhar com tais atividades.

O exército também foi beneficiado com a produção de tantas riquezas, pois acabou sendo incrementado. Nas guerras, os reis entravam em ação para solicitar quantias aos banqueiros.

Nas principais rotas de comércio pelo mar, lá estava os comerciantes e banqueiros para financiar navegadores. Começava a surgir um comércio em diferentes rotas, um comércio mundial.

Da América, muitos produtos originados do metal e da agricultura. Com a burguesia nascente e os reis em fortalecimento, o sistema financeiro passou a ter papel crucial nos cenários. Vários funcionários púbicos cumpriam as deliberações dos reis e a administração dos países passaram a ser diferenciadas. As fábricas de armas, a ocupação dos marinheiros e o comércio forte era um espaço de produção de recursos que enchiam os tesouros reais.

As conseqüências da expansão marítima

2Como podemos perceber, o mundo sofreu algumas transformações após as grandes navegações. A partir daí, destacam-se algumas conseqüências da expansão européia. Vejamos algumas delas:

– Após ter patrocinado o movimento expansionista, o Estado Absolutista passou a desfrutar dos seus lucros. Lembrando que ele foi consolidado.

– Com o aumento do afluxo de metais preciosos provenientes da América houve a chamada revolução dos preços.

– Houve uma transferência do eixo econômico europeu do Mediterrâneo para o Atlântico – Indico, havendo assim um crescimento dos países ibéricos e um declínio das cidades mercantis italianas.

– Ocorreu a adoção da política econômica mercantilista, que se baseava tanto no protecionismo do Estado como no regime de monopólios.

– Uma das conseqüências também foi que a burguesia mercantil nos países atlânticos, conseguiu se desenvolver.

Recomendados para você

Comentários

+ Artigos relacionados