Colégio Web

Trancoso: localização, curiosidades e turismo

Publicidade

Muita gente procura por opções para as próximas férias, e quase sempre apontam no mapa para lugares fora do Brasil, se esquecendo de que dentro de nosso país há lugares incríveis esperando para serem “descobertos” pelos próprios brasileiros.

Um destes lugares até que recebe um bom número de turistas locais, mas ainda é preterido por localidades fora do país, mesmo sendo histórico e simplesmente belíssimo.

Estamos falando de Trancoso, na Bahia, que é um distrito de Porto Seguro, um dos lugares mais belos do litoral brasileiro, repleto de paisagens incríveis e de construções históricas.

Fundação

Trancoso BA

De acordo com registros históricos feitos pelo capitão-de-mar-e-guerra Max Justo Guedes, que trabalha no Serviço de Documentação da Marinha, teria sido no Rio dos Frades, em Trancoso, que a esquadra comandada por Pedro Álvares Cabral desembarcou em 23 de abril de 1500.

Trancoso teria se originado de uma aldeia fundada por jesuítas, chamada de São João Batista dos Índios, no ano de 1586, e teria passado incólume e desconhecido da maioria dos brasileiros até a década de 1970, quando foi descoberta por hippies.

Naquela época, Trancoso não passava de um pequeno povoado com algumas poucas casas dispostas ao redor de um gramado (o popular Quadrado) com uma igreja no fundo, de costas para o mar.

Turismo

Trancoso

Depois da chegada dos hippies nos anos de 1970, Trancoso passou a receber maior atenção das autoridades, e melhorias passaram a ser feitas, com a chegada, entre outras coisas, de uma maior estrutura para atender aos turistas.

O popular Quadrado de Trancoso foi batizado de Praça São João, localizada no chamado Centro Histórico de Trancoso, e a partir da década de 1990 um número impressionante de pessoas passou a visitar a região.

Trancoso recebe muitos turistas, em sua grande maioria de classe mais alta, pois os preços, dependendo das situações, podem ser considerados abusivos.

Mas há opções para todos os gostos, e é possível passear pelo Quadrado vislumbrando o encanto de suas casinhas coloridas e toda a beleza da Igreja de São João Batista, além de também apreciar o artesanato que é exposto pelos moradores locais.

Há também, no dia 20 de janeiro, a chamada Festa de São Sebastião, que é muito popular e alegre, atraindo grande quantidade de pessoas locais e também de turistas, que querem ver homens carregando o mastro com muitos metros de altura com a bandeira de São Sebastião para substituir o mastro do ano anterior.

Recomendados para você

Comentários

+ Artigos relacionados