Colégio Web

Por que o Alasca pertence aos EUA?

Publicidade

Uma das regiões selvagens mais belas do Hemisfério Norte, a região do Alasca sempre desperta nas pessoas um grande fascínio e um grande desejo de desbravá-lo para vivenciar de perto tudo que esta região habitada por ursos polares e por focas, entre outros, tem a oferecer.

Mas o que algumas pessoas se esquecem de é que o Alasca, apesar de estar mais próximo do Canadá, na verdade pertence aos Estados Unidos, que exploram a região por diversos motivos, como, por exemplo, a extração de petróleo.

Portanto, nós vamos explicar por quais motivos o Alasca pertence aos Estados Unidos, deixando claro, inclusive, quando isto ocorreu.

Crise do Império Russo

Alasca pertence aos EUA

Fora a população dos Estados Unidos, o fato é que a compra do Alasca simplesmente é um ponto que não é muito lembrado pelas pessoas de outras partes do mundo, como do Brasil, por exemplo.

Os Estados Unidos compraram o Alasca em 1867, quando o Império Russo passava por uma crise econômica terrível, com sérias dificuldades financeiras para se manter e precisando fazer caixa.

E para complicar ainda mais a situação, o Império Britânico, um dos maiores rivais do Império Russo na época, acabou por aumentar as hostilidades, chegando, entre outras coisas, a ameaçar a Rússia de tomar à força o território do Alasca.

Com isto, para não perder o território do Alasca de modo vexatório, o czar russo Alexandre II acabou optando por vender o Alasca aos Estados Unidos, que já haviam demonstrado interesse na região.

A ação

Por que o Alasca pertence aos EUA

Para consolidar a ação de compra do território do Alasca, os Estados Unidos receberam a visita do barão Edouard de Stoeckl para abrir negociações sobre o território com seu Secretário de Estado.

Graças à amizade entre o czar russo e o representante dos Estados Unidos na negociação, esta acabou evoluindo de modo tranquilo e o desfecho agradou ambas as partes na época.

O preço pago pelos Estados Unidos pelo Alasca na época foi de 7,2 milhões de dólares, o que equivaleria a nada menos do que 100 milhões de dólares atualmente.

Exploração e turismo

Depois da compra, o Alasca passou a fazer parte dos Estados Unidos, sendo um dos atuais 50 estados que compõem o país mais poderoso economicamente e militarmente do mundo.

Ao longo dos anos, o Alasca passou a ser alvo da exploração, especialmente por conta da presença de petróleo na região, mas também passou a receber muitos turistas, atrás do lado selvagem, que é tão presente em todo o território.

Recomendados para você

Comentários

+ Artigos relacionados