Colégio Web

Onde fica Salém?

Publicidade

Muitas pessoas já ouviram falar de histórias de bruxas em algum momento de suas vidas, especialmente por conta dos livros, das séries e dos filmes que retratam estas figuras místicas tão controversas quanto fascinantes.

Pois com toda a certeza, especialmente por conta das bruxas, todo mundo já ouviu falar em algum momento da cidade de Salém, ou das famosas Bruxas de Salém, não é mesmo?

Portanto, nas próximas linhas, nós vamos descobrir onde fica Salém, a famosa cidade que entrou para a História por conta das supostas bruxas que ali viveram e que foram executadas no século XVII.

Uma cidade de Massachusetts

A cidade de Salém está localizada no Condado de Essex, no Estado de Massachusetts, nos Estados Unidos, e conta atualmente com pouco mais de 40 mil habitantes, tendo sido um grande e importante porto comercial do país.

Onde fica Salém

O nome da cidade tem relação com a palavra árabe Salam, que significa literalmente “paz”, e Salém, ao lado da cidade de Lawrence, é a sede do Condado de Essex.

O julgamento famoso

No entanto, a pequena cidade de Salém entrou para a História e ganhou notoriedade por conta do fato de que em uma noite de outubro de 1692, houve ali um julgamento famoso, num episódio conhecido como Bruxas de Salém.

Neste episódio, mulheres e homens foram a julgamento por suposto envolvimento com bruxaria, sendo posteriormente executados como forma de pagar pelos seus pecados.

Tudo começou por conta do relato de uma escrava negra de nome Tituba, que contou histórias da tradição vodu, que é uma religião muito tradicional do ocidente do continente africano a algumas meninas brancas.

Salém

Estas meninas brancas passaram a ter pesadelos por conta destas historias, o que acabou levando pessoas a chamarem um médico para examina-las.

Este médico acabou por declarar que todas as mocas estavam “embruxadas”, ou seja, estavam sob forte efeito de bruxaria, e que deveriam ser julgadas por isto.

A negra Tituba e as outras moças foram julgadas perante o juiz Samuel Sewall, num processo que teve o pregador local Cotton Mather (que acreditava em bruxarias) como acusador.

O medo

Por conta da crueldade e por causa da superstição, nada menos do que 150 pessoas foram presas acusadas de bruxaria, sendo que muitas delas (a maior parte mulheres) foram mortas.

Oficialmente, o medo durou cerca de 1 ano, e toda a cidade ficou em estado de alerta, com delações pelos motivos mais variados sendo feitas, levando pessoas inocentes à morte por banalidades.

Sabe-se que ao menos 20 pessoas foram julgadas e condenadas à morte por conta de suposto envolvimento com bruxaria, sendo que um dos casos de execução mais cruel foi feito com um homem: Giles Corey, que foi morto comprimido por rochas numa tábua num processo que levou 3 dias para ser concluído.

Recomendados para você

Comentários

+ Artigos relacionados