Colégio Web

Guia completo da Groenlândia

A Groenlândia é considerada a maior ilha de todo o planeta. Trata-se de uma região independente da Dinamarca, muita fria e pouco conhecida. Veja os detalhes!

Publicidade

A Groenlândia é considerada a maior ilha de todo o planeta. Trata-se de uma região independente da Dinamarca, localizada entre o litoral norte do Canadá e o oceano Glacial Ártico, limitando ao sul com o Atlântico. O solo de 84% da ilha é coberto com uma espessa camada de gelo, tornando a prática econômica bastante inviável e o solo infértil.

Tratando-se de uma região predominantemente congelada, é habitada por cerca de 57 mil pessoas. Historicamente, diz-se que a Groenlândia era uma terra inexistente na concepção dos europeus, sendo descoberta apenas no século X, quando os vikings da Islândia chegaram a essas terras. Porém, desde muito tempo anterior, a região já era habitada pelos Inuit, esquimós que abandonaram o local pouco antes da chegada dos vikings islandeses.

Gronelandia

Os povos indígenas vinculados com o Ártico e anteriores aos povos Inuit, possuíam atributos que os tornavam capazes de viver nessas regiões de baixas temperaturas, fazendo com que eles chegassem a Groenlândia por volta do início do século XIII e ali se alocassem. Bem instalados e adaptados, eles foram capazes de permanecer na região por mais de dois séculos, mas com sua saída, passou para os vikings o direito de conquistar as terras, por meio de reinvindicações com a Dinamarca que dominou, colonizou e monopolizou o comércio da região.

Como não poderia deixar de ser numa região de predominância ártica, o clima da ilha é muito frio e de difícil adaptação, tornando a vegetação quase inexistente em todo o relevo e dificultam as atividades de cultivo da terra. Dessa forma, a maior e mais importante floresta da região está situada na cidade de Nanortalik, ao sul da região e que tem verões muito quentes e inverno severo.

Groenlandia

Entretanto, os recursos minerais são abundantes por todo o território, o que equilibra e mantém a economia ativa, impulsionado ainda mais pela descoberta de petróleo, zinco e ouro que tende a tornar a economia do local menos dependente da Dinamarca.

Além disso, a economia tem fundamento na extração de bens minerais, na pesca e caça de focas e baleias. Essa atividade marca a vida dos habitantes do norte da Groenlândia que mantem-se totalmente dependente da pesca e exportações de pescados e camarões, que é mais rentável para a ilha gelada. No mais, para complementar a economia groenlandesa, o turismo apresenta potencial de curto prazo, mas é inviável devido a curta temporada de passeios e os elevados custos.

Recomendados para você

Comentários

+ Artigos relacionados