Colégio Web

Formas de Direção ao Longo da História

Antigamente, uma das primeiras formas de orientação usada pelos viajantes e pelas pessoas era o céu. Confira um panorama geral das formas de direção!

Publicidade

Você já ficou perdido? Sem saber para onde ir? Já observou as pessoas quando se perdem? É muito ruim, não é mesmo? Você fica sem direção, precisa se localizar, e nessa hora: por onde começar?

Portanto quando você quer ir ou chegar a algum lugar precisa saber:

  • O nome da rua, avenida ou praça que procura;
  • A localização do prédio, da casa, para onde está indo;
  • O melhor caminho: de ônibus, de metrô ou trem;

Orientar-se é muito importante. Para tal e é preciso saber a direção em que está o lugar a ser localizado. Observe atentamente o local; os pontos de referência próximos são muito importantes, pois eles ajudam na localização.

Atualmente, com o avanço da tecnologia, existem muitos meios de pesquisa para a localização de ruas, avenidas, lugares como exemplo: a Internet (Rede de Comunicação Mundial) em que temos acesso de navegação por vários meios de pesquisas e o GPS (sigla de Global Positioning System), em português, significa Sistema de Posicionamento Global.

Origem das Formas de Direção

Rosa dos Ventos

Antigamente, uma das primeiras formas de orientação usada pelos viajantes e pelas pessoas era o céu. As estrelas formam padrões que chamamos de constelações. A constelação mais conhecida é a Cruzeiro do sul.  O sol é um instrumento fundamental e eficiente para a orientação.

Direções cardeais

Você já reparou que o sol nasce sempre do mesmo lado? O lado que o sol nasce pela manhã chama-se oriente (leste). O sol também se põe do mesmo lado. O lado onde o sol de põe chama-se de ocidente (Oeste).

Agora fique de frente para onde o sol nasce. Você está na posição leste. Atrás de você é o oeste, a sua esquerda estará o norte e a sua direita estará o sul.

Norte, sul, leste e oeste estes são os pontos cardeais que usamos para a localização.

Rosa dos ventos

A rosa dos ventos é um instrumento usado para a localização. É possível uma localização exata, pois possui a volta inteira do horizonte por meio dos seus pontos cardeais, os pontos intermediários (colaterais) e os pontos subcolaterais. Seu formato é de estrela e tem a finalidade única de facilitar a visualização nos mapas, nos aviões, nas embarcações antigas e atuais. Cada um dos seus quadrantes representa 90°considerando o norte como 0°, o leste 90°, o sul 180° e assim sucessivamente.

Os pontos cardeais são: norte, sul, leste e oeste. Os pontos colaterais ficam entre os pontos cardeais e são: nordeste, noroeste, sudeste e sudoeste. Os pontos subcolaterais ficam entre os pontos colaterais e são:      

  • ENE: lés-nordeste
  • ESE: lés-sudeste
  • SSE: su-sudeste
  • NNE: nor-nordeste
  • NNO/NNW: nor-noroeste
  • SSO/SSW: su-sudoeste
  • OSO/WSW: oés-sudoeste
  • ONO/WNW: oés-noroeste

Bússola

A bússola é um instrumento de orientação que em seu mostrador há uma agulha ou ponteiro que sempre aponta para o norte. Dessa forma, sabemos onde fica o norte e podemos localizar os demais pontos cardeais. Sua criação foi um avanço para a orientação marítima e podia ser usado em dias nublados. 

Ainda bem que vivemos num tempo mais moderno!

Recomendados para você

Comentários

+ Artigos relacionados