Colégio Web

Como surgiram os continentes da Terra

Publicidade

Acredita-se que durante a era pré-histórica, existiu um continente chamado “Pangeia”, que unia todos os continentes atuais que acabaram se dividindo pelo movimento das placas tectônicas, configurando o que temos atualmente.

Deriva Continental e Pangeia

A teoria de deriva continental foi apresentada pelo geólogo alemão Alfred Wegener em 1915, em sua obra clássica “A Origem dos Continentes e Oceanos”, afirmando que os continentes hoje separados por oceanos já estiveram unidos em uma única massa terrestre, chamado assim de Pangeia.

O grande supercontinente teria permitido que os animais terrestres emigrassem livremente desde o Pólo Sul ao Pólo Norte. O extenso oceano que rodeava a Pangeia recebeu o nome de Pantalassa.

Deriva Continental

Já que o tamanho em massa de Pangeia era muito amplo, as regiões internas da Terra eram muito secas, devido à falta de precipitação. A crosta terrestre, formada de placas tectônicas, possui sete principais, dentre as menores. As forças internas da Terra fazem com que as placas se desloquem lentamente pelo globo. Diante disso, a chamada deriva continental, ou seja, esse movimento de deslocação, separou os continentes, cerca de 180 milhões de anos atrás (no período jurássico).

Processo de deslocamento

O processo de fragmentação de Pangeia conduziu primeiramente dois continentes: o chamado Gondwana, formado pela América do Sul, África, Austrália e Índia e Laurásia, formado pela América do Norte, Ásia, Europa e Ártico, até que posteriormente se transformaram nos continentes que conhecemos hoje.

Antecessores de Alfred Wegener

Pangeia

Outros cientistas já haviam estudado sobre o deslocamento terrestre e a divisão de continentes antes de Wegener, como os cartógrafos Abraham Ortelius e Antonio Snider-Pellegrini.

Ortelius, um holandês, é considerado o pai do Atlas Moderno. Foi em 1596 que ele sugeriu que as Américas foram afastadas da Europa e da África por terremotos e inundações.

Já  Antonio Snider-Pellegrini, um francês, em seus estudos em 1858, elaborou dois mapas representando a sua versão de como as Américas e a África poderiam no passado terem estado juntas. Ambos não ganharam o devido interesse.

Futuro dos continentes terrestres

O processo geológico de deslocamento das massas continentais ainda é uma constante nos dias de hoje e de acordo com estudos, estima-se que futuramente, em cerca de 250 milhões de anos, todos os continentes da Terra vão se unir novamente formando um suposto Pangeia, rodeado por um único oceano.

Recomendados para você

Comentários

+ Artigos relacionados