Colégio Web

109 anos do descobrimento do Polo Norte

Publicidade

O Polo Norte é um daqueles lugares que a maioria das pessoas conhece só o nome e sabe que é muito frio. As imagens que vêm a cabeça costumam ser relacionadas a um ambiente branquinho, a esquimós, ursos polares, muita neve e geleiras enormes.

Porém, a região que completa 109 anos de descobrimento em 2016 guarda uma série de curiosidades sobre um dos lugares mais frios do mundo. E é para comemorar este aniversário que reunimos aqui alguns fatos interessantes sobre o Polo Norte.

Ficou curioso? Continue lendo e confira!

Região em perigo

Polo Norte

O Polo Norte já está em perigo há um tempo considerável. Tudo por causa dos efeitos do aquecimento global, que ameaça seriamente as geleiras que existem no lugar. Já em 2008 foi dado o alerta para o mundo de que o Polo Norte corria o risco de ficar completamente sem gelo no verão.

Felizmente a previsão ainda não se materializou, mas ainda hoje, caso o aquecimento global continue no ritmo acelerado que está, os cientistas acreditam que a data de validade da paisagem coberta de neve do Ártico está prestes a chegar ao fim.

Isso causaria sérios problemas para o restante do mundo, como desequilíbrio na fauna e extinção de espécies e grande aumento do nível do mar, que causaria o desaparecimento de inúmeras cidades ao redor do mundo.

Não é a região mais gelada do planeta

Ao contrário do que muitos podem pensar, o Polo Norte não é a região mais fria do planeta. Isso porque, apesar de ser coberta de gelo durante o ano todo, a região está cercada por um oceano que funciona como um reservatório de calor.

No inverno, que começa por volta de janeiro, a temperatura no Polo Norte pode variar entre -43°C e -26°C. Já no verão, que começa em julho, a região conta com temperaturas que costumam ficar em torno de 0°C.

109 anos do descobrimento do Polo Norte

Todo esse frio é mantido por muita neve e geleiras marítimas que chegam a ter entre dois e três metros de espessura, que podem variar bastante. Essa espessura tem diminuído todos os anos por causa do aquecimento global.

Para os que ficaram curiosos, a região considerada a mais fria do mundo é o Polo Sul, que é consideravelmente mais frio do que o irmão do norte.

Nenhum país pode explorar o local

Há décadas o Oceano Ártico, que cerca a região, foi detectado como uma região que é rica em petróleo e gás natural, dois dos ativos mais procurados e rentáveis do mundo, tornando o Polo Norte o desejo de diversos países.

Porém, hoje nenhum país detém o Polo Norte ou qualquer parte da região do Oceano Ártico, tudo para preservar o território.

Recomendados para você

Comentários

+ Artigos relacionados