Colégio Web

Processos de formação das palavras

Publicidade

II. Processos de formação das palavras 
Para a construção de novas palavras na Língua Portuguesa, existem dois processo denominados derivação e composição.

1. Derivação: é o processo de formação de palavra, a partir de uma outra que já existe na Língua Portuguesa, sendo chamada de primitiva.

Exemplo:

Pedra ( pedreiro, predaria, pedregulho, pedrada)

Ferro (ferreiro, ferraria, ferrugem, ferradura)

Veja como pode ocorrer a derivação:

– prefixação:

Quando na palavra primitiva acrescenta-se um prefixo.

Infeliz, inativa, semicírculo.

– sufixação:

Quando na palavra primitiva acrescenta-se um sufixo.

Antecipadamente, igualdade, chuvoso.

– Parassíntese (derivação parassintética)

Quando na palavra primitiva acrescenta-se um prefixo e um sufixo.

Anoitecer, envelhecer, engaiolar

– Derivação imprópria

Quando há uma mudança na classe gramatical da palavra primitiva.

Fui ao parque e me deparei com um coelho. (animal)

Minha nova professora se chama Marisa Coelho. (sobrenome)

– Derivação regressiva 
Quando uma palavra primitiva tem a sua estrutura fonética modificada.

Beijar – beijo
Recuar – recuo
Chorar – choro
Consumir – consumo

2. Composição: é a formação de palavras novas e compostas a partir de palavras simples combinando dois ou mais vocábulos, ou dois ou mais semantemas.

Veja como pode ocorrer a composição:

justaposição:

Não há alteração nas palavras, continua cada uma com o seu acento próprio e ortografia da mesma forma como eram antes da composição.

Guarda–roupa/Quarta-feira/Passatempo/Arco-íris/pára-choque

aglutinação:

Há alteração em uma das palavras seja na grafia ou na pronúncia.

Planalto (plano + alto)
aguardente (água + ardente)
fidalgo (filho + de + algo)

3. Outros Processos:

Abreviação:

Quando as palavras têm sua forma reduzida.

Foto (fotografia) /microcomputador (computador)/ TV (televisão) cine (cinema)

– Sigla:

Quando se emprega somente as iniciais do nome de um lugar, Instituição, etc. formando uma nova palavra.

ONU (Organização das Nações Unidas)
TER – (Tribunal Superior Eleitoral)
FIFA – (Federação Internacional de Futebol Association)

– Onomatopéia:
Quando usa-se expressões que imitam vozes de animais ou ruídos são formadas novas palavras.

Tique-taque, berrar, zumbir, latir, miar, etc.

– Hibridismo:

Quando há a junção de elemento que fazem parte de línguas opostas.

Bígamo – bi (origem latina) + gamo (origem grega).

Automóvel – auto (origem grega) + móvel (origem latina)

Biologia- bio (origem latina) + logia (origem grega)

Recomendados para você

Comentários

+ Artigos relacionados