Colégio Web

Estudo do condutor retilíneo

Publicidade

Estudo do condutor retilíneo 

Sentido do campo: 
Com base na experiência estudada acima, criou-se uma regra conhecida como a regra da mão direita. A mesma nos mostra que o polegar da mão direita fica no sentido da corrente, sendo que os demais dedos vão nos mostrar o sentido do vetor indução magnética B, como vemos na figura abaixo: 

Vejamos alguns exemplos: 

1- Considerando que o fio fure uma folha perpendicularmente, podemos dizer que a corrente elétrica é ascendente. 

2- Vamos imaginar uma folha onde sobre ela há um fio retilíneo na horizontal. Esse fio irá representar as linhas de indução e os vetores que entram e saem deles, onde à esquerda do fio B irá apontar para cima, e o campo magnético irá sair da folha, e a direita do fio, B irá apontar para baixo e o campo irá penetrar na folha. 

A direção do campo: 
O campo irá apresentar uma direção ortogonal em cada um dos pontos dos espaços que engloba o fio. Vejamos a seguir um exemplo: 

*Considerando que um fio fure um papel em um ponto denominado F, onde ele está perpendicular ao papel. Como vimos anteriormente, a corrente elétrica é ascendente, portanto dizemos que o campo está no sentido anti- horário, como vemos na ilustração abaixo: 

Módulo: 

O módulo do vetor indução magnética B, é totalmente dependente da intensidade da corrente (i) no condutor, é dependente também da distância d do ponto P do condutor, e do meio que o engloba. Esse meio é caracteriza- se através de uma grandeza física escalar chamada de permeabilidade magnética do meio (μ). 

Recomendados para você

Comentários

+ Artigos relacionados