Colégio Web

O parágrafo conclusivo

1 A última etapa da redação é vista, por muitos, como um alívio. Mas será que o parágrafo conclusivo deve assumir tal papel? Há alunos que imaginam ter chegado à conclusão pois foram plenamente capazes de expor, e bem, todas as ideias. O fato é que a conclusão precisa ser vista como um elemento importante, que justamente acaba apontando se os parágrafos anteriores foram bem construídos.

Publicidade

E então? O que escrever? Como fazer? Já que tanta coisa foi dita acima? Muitos candidatos se fazem essa pergunta no último parágrafo da dissertação. A primeira dica é que o aluno ou candidato precisam compreender de forma exata o que significa, qual a função do parágrafo conclusivo. Com esta compreensão, o escritor passa a compreender como deve ser tal escrita, sem ser impreciso ou redundante.

O objetivo do parágrafo conclusivo é o fechamento das linhas de raciocínio desenvolvidas desde o início da dissertação que argumenta. Neste sentido, torna-se fundamental que quem escreve deve deixar os posicionamentos bem claros. Especialmente no final da estrutura redacional.

O que é essencial na compreensão da conclusão?

Corresponde a um só parágrafo para finalizar a dissertação;

Deve ser objetiva, sucinta, sem se diferenciar dos outros parágrafos escritos acima. É o que chamamos de simetria entre parágrafos. Com o mesmo tamanho, com média de cinco linhas.

2A ideia inicial precisa ser retomada na conclusão. É a tese do autor. A retomada desta ideia é importante, para que não se tenha dúvida quanto ao ponto de vista que foi desenvolvido. Você repete o que foi dito na introdução, mas com outra tonalidade, com a ideia de fechamento.

Não acrescentar novas ideias na conclusão. Utilize o que já foi dito na introdução e desenvolvimento e finalize com as temáticas já discutidas.

Mostre soluções viáveis para os aspectos que tratou no texto. Pensar numa proposta, numa alternativa é um fato essencial, especialmente nas redações do ENEM.

Para muitas pessoas, o uso do conectivo conclusivo é uma mera bobagem e repetição. Mas não é. Use o “então”, “portanto” e outros semelhantes para fechar o início do último parágrafo. De outro lado, evite expressões como “pode-se concluir”, “conclui-se que”, “concluindo”. O discurso, neste caso, apresenta redundância.

Jamais termine a conclusão de uma redação com pergunta reflexiva ou mesmo reticencias. Esse tipo de alternativa vai deixar os corretores em completa confusão a respeito da sua posição ser ou não firme. É preciso que você confirme a tese que defendeu, sem ressalvas.

Vale lembrar que todo o texto precisa ser uno. As partes precisam conversar entre si. São progressões que mostram a fortaleza da ideia. Daí a importância da conclusão para fechar o que foi defendido ao longo de todo o texto.

Recomendados para você

Comentários

+ Artigos relacionados