Colégio Web

Velocidade X Tempo

Publicidade

2. Velocidade x tempo

Lei de Ação das Massas ou Expressão da velocidade ou Lei de Guldberg–Waage.

“A velocidade de uma reação química à temperatura constante, é diretamente proporcional ao produto das concentrações molares dos reagentes elevado aos seus respectivos coeficientes estequiométricos determinados experimentalmente.

Constante de equilíbrio químico

K é uma constante chamada constante cinética ou constante da velocidade que depende sobretudo da temperatura. Tem por finalidade dar origem às constantes de equilíbrio químico (Kc, Kp, Ki, Kps, Kw, etc.)

a) Constante de equilíbrio químico em termos de concentração molar (Kc)

b) Constante de equilíbrio químico em termos de pressão parcial (Kp) 

Constante de equilíbrio química em termos de concentração molar (Kc).

Dedução do Kc

Observações:

1. Se Kc > 1 (Kc grande), significa que o equilíbrio é atingido em maior extensão no sentido da reação direta, ou seja, no equilíbrio a concentração dos produtos é maior que a dos reagentes.

[P] > [R]

= 90%

2. Se Kc < 1 (Kc , pequeno) significa que o equilíbrio é atingido em maior extensão no sentido da reação inversa, ou seja, no equilíbrio a concentração dos reagentes é maior que a concentração dos produtos.

[P] < [R]

Ex. = 3%

3. Se Kc = 1, significa que o equilíbrio é atingido sem predomínio de extensão na reação, ou seja, no equilíbrio, a concentração dos reagentes é igual à concentração dos produtos.

[P] = [R]

4. Substância sólida não participa da expressão do Kc, pois a concentração de um sólido em termos de velocidade é considerada constante porque a reação se dá na superfície do sólido.

5. Substância líquida em excesso não participa da expressão do Kc, pois a concentração de um líquido em excesso em termos de velocidade é considerado constante porque o líquido em excesso não é o fator limitante da reação.

6. A água líquida em excesso (quando for o reagente da reação principal) não participa da expressão do Kc, pois sua concentração em termos de velocidade é considerada constante porque a água líquida em excesso não é o fator limitante da reação, e sim o meio onde ela ocorre.

7. Esterificação ou Método de Fisher: é uma reação entre um ácido carboxílico e um álcool produzindo éster e água.

Características:

a) Ocorre na proporção de 1:1:1:1.

b) O sistema é sempre reversível.

c) Se o éster possuir até 5 átomos de carbono ele é líquido. Acima de 5 átomos de carbono ele começa a solidificar-se transformando-se em gordura.

d) A água participa da expressão do Kc.

8. A temperatura é o único fator que altera o valor numérico da constante de equilíbrio químico.

Grau de equilíbrio químico (): indica a relação entre o n.° de mols de moléculas que reagem até atingir o equilíbrio (nr) e o n.° de mols de moléculas inicialmente colocado para entrar em equilíbrio (ni).

Unidade: adimensional, (%)

Importância do :

1. O tem por finalidade medir a extensão do equilíbrio químico.

2. O tem por finalidade medir a força de um eletrólito.

Sinônimo do : grau de ionização (ácido) grau de dissociação (bases), grau de hidrólise (n), grau de dissociação térmica (para reações de decomposição), etc.

Leitura do :

Se 50% eletrólito forte.

Se 5% < 50% eletrólito moderado.

Se < 5¨% eletrólito fraco.

Recomendados para você

Comentários

+ Artigos relacionados