Colégio Web

A Lei de Ostwald

Publicidade

Solução:

ácido cianídrico < ácido hipocloroso < ácido propiônico < ácido acético < ácido benzóico < ácido nitroso < ácido fluorídrico.

Relação entre Ki e (grau de ionização)

Observação – A lei de Diluição de Ostwald é valida principalmente para eletrólitos fracos (< 5%) e moderados (5% < < 50%), porém pode ser aplicado para eletrólitos fortes, desde que o não seja 100%.

A Lei de Ostwald

A adição de solvente a um eletrólito fraco ou moderado, ou seja, uma diluição, faz que seu grau de ionização ou dissociação aumente tendendo a 100%.
Expressão matemática da Lei de Ostwald:  

 = molaridade definida como .

Ki = constante de ionização.

Aplicação

(FEI–SP) Uma solução 0,1 molar de ácido acético apresenta = 1,35%. Determine, à mesma temperatura, o valor de µ para uma solução 0,01 molar do mesmo ácido.

Solução: 

  

Observação – Para < 0,1, vamos desconsiderar o denominador.

Ki = m. 2
Ki = 0,1 . (0,0135)2

Ki = 1,82 . 10–5

Ki= m .2

1,82 . 10–5 = 0,01 . 2
= 4,27 . 10–2 ou = 4,27%

Meio aquoso: equilíbrio iônico da água

Características da auto-ionização da água:

1. É muitíssimo pequena. De 555.000.000 de moléculas de água, somente uma se ioniza.

2. A concentração hidrogeniônica da água pura (destilada) é exatamente igual à concentração hidroxiliônica.

3. A água pura é um meio neutro.

4. A água pura é uma péssima condutora de íons na solução.

5. O grau de ionização da água pura vale 1,81 x 10-9 ou 1,81 x 10–7%.

6. a auto–ionização da água é um processo endotérmico.

Constante de equilíbrio iônico da água (Kw) ou produto iônico da água.

a) Dedução do Kw.

H2O(l)+ H2O(l) H3O1+(aq) + OH1–(aq)

No equilíbrio, V1 = V2

  

b) Cálculo do Kw a 20 – 25°C: 
H2O(l)+ H2O(l) H3O 1+ (aq) + OH1–(aq)

Recomendados para você

Comentários

+ Artigos relacionados