Colégio Web

Como estimular os alunos em sala de aula

Publicidade

Nenhuma profissão é fácil, mas a profissão de professor ou educador é muito complicada.  Esse é um trabalho que você precisar da atenção do outro para realizá-lo bem e da melhor maneira possível.

Qual é o professor que gosta que seu aluno fique conversando na sala enquanto ele explica a matéria?

Assim que você termina a explicação e passa os exercícios, lá vem o aluno conversador e desinteressado perguntar o que já foi explicado. Quantas vezes isso acontece? Muitas vezes, não é mesmo?

Você, professor, tem vontade de torcer o pescoço ou pegar pela orelha, mas não pode, não seria o correto, sabemos!

Então o que fazer com uma criatura dessas?  Explicar novamente! Deixar passar em branco! Não ligar e continuar o que está fazendo!

3 dicas para estimular os alunos em sala de aula

Como estimular seus alunos em sala de aula

Vou deixar algumas dicas de como estimular os alunos em sala de aula para que prestem mais atenção. Confira!

1# – Iniciar a aula de forma diferente!

Usar o elemento surpresa é sempre bem vindo! Comece a aula contando uma novidade, algo novo que você soube que é interessante; divida com seus alunos. Pode ser a notícia de qualquer acontecimento, desde que seja algo positivo.

Você criará um ambiente mais acolhedor, aproximando os alunos uns dos outros e de você. Não perca o foco da conversa. Abra um diálogo sobre o assunto. Pronto! A interação já foi feita! Agora vamos para o início da aula.

2# – Música

A interação com os alunos é sempre um bom começo. Você abriu espaço para que seus alunos expressassem a sua opinião, deu a oportunidade da troca de ideias e chamou a atenção para a sua pessoa.

Que tal agora iniciar a aula com música? Você já pensou nisso? É um diferencial! Você pode explicar a matéria com música relacionando os pontos, formalizando as perguntas, sugerindo as respostas no ritmo da música.

Isso é muito comum em cursinhos para vestibular; os alunos prestam mais a atenção. O  cansaço e o marasmo dão espaço à imaginação e à criatividade.

Você pode atuar de várias formas fazendo uma música com aos alunos em qualquer ritmo, estilo ou melodia, pois o importante é o resultado!

Com certeza, este será sempre positivo! O rendimento dos alunos e do conteúdo é certo!  Permita que todos participem. Não se esqueça de que a interação é muito importante. Algumas piadinhas poderão surgir, mas isso é normal. Você deve utilizar toda a sua experiência para contornar a situação. Experimente! Vale a pena tentar! Você só precisa de um rádio e alguns CD’s, e muita criatividade.

3# – Competição

“A competição é a alma do negócio”. Você já ouviu essa expressão, não ouviu? Então por que não usá-la na sala de aula? As grandes competições já eram travadas na idade média, nos reinos, nos esportes e na sala de aula também.

Esse é um exercício que pode ser realizado para a fixação da matéria dada no dia anterior.

Divida a sala de aula em grupos/equipes. Você não deve permanecer com as “panelas” já existentes. De uma maneira bem democrática faça um sorteio, monte os grupos e comece a grande competição. Você, professor, inicia com as perguntas sobre o tema dado na aula anterior. O grupo que souber a resposta deve pedir a palavra para responder. Se responder de maneira correta acrescenta pontuação para o grupo, se errado o outro grupo tem a possibilidade de responder. Observe que os lideres irão se revelar. Dê a possibilidade de resposta para todos, mas um de cada vez. Mantenha o domínio e a ordem, caso contrário à competição perderá o sentido.

Vamos tentar! Boa sorte! Se gostar das ideias deixe seus comentários.

Recomendados para você

Comentários

+ Artigos relacionados