Colégio Web

A determinação do sexo pelo balanço gênico

A determinação do sexo pelo balanço gênico
A determinação da identidade sexual por meio de um balanço genético é feito em Drosophila melanogaster, um inseto conhecido como mosca da fruta.

Esse balanço genético é feito pelo número de cromossomos X e número de conjuntos de autossômicos.

Os cromossomos X determinam o sexo feminino, e os autossômicos determinam o sexo masculino.

O cromossomo Y, segundo Bridges, não participa da determinação sexual, somente da fertilização do macho.

A identificação do sexo por meio de balanço genético é feita por: X/A, ou seja, o número de cromossomos X, dividido pelo número de conjuntos autossômicos.

Veja abaixo a relação de número de números referente á definição do sexo dos indivíduos: 

0,3 = supermacho
0,5 = macho
0,6 = intersexo
1 = fêmea
1,5 = superfêmea

Durante o processo de desenvolvimento de seres intersexuados, eles passam pelo ponto de viragem, onde o individuo é voltado para o sexo oposto. Isso significa que em um determinado tempo do seu desenvolvimento, um ser intersexuado que desenvolvia caracteristicas masculinas, após o ponto de viragem, passa a desenvolver caracteristicas femininas. 

Portanto, o intersexuado terá características masculinas, desenvolvidas antes do ponto de viragem, e características femininas desenvolvidas depois do ponto de viragem. 

Recomendados para você

Comentários

+ Artigos relacionados