Colégio Web

Derivação

Publicidade

O termo derivação se refere a um conjunto de diversos processos de formação de novas palavras através da adição ou subtração a uma palavra primitiva. 

A derivação pode ser por prefixação, por sufixação ou ainda pode ser derivação parassintática, derivação regressiva e derivação imprópria. 

Derivação por Prefixação: é um processo de formar palavras na qual um prefixo é acrescentado a palavra primitiva. Prefixo + palavra primitiva. 

Por exemplo: 

In + feliz = infeliz
semi + círculo = semicírculo
tri + ângulo = triângulo
contra + pôr = contrapor
ex + pôr = expor
im + pôr = impor
per + correr = percorrer
 

A derivação por sufixação: é um processo de formar palavras no qual um sufixo ou mais são acrescentados à palavra primitiva. Palavra primitiva + sufixo. 

Por exemplo: 

casa + arão = casarão
chuva + oso = chuvoso
calma + mente = calmamente
casa + inha = casinha
casa + eiro = caseiro
 

Derivação Parassintética: é um processo de formar palavras através do acréscimo de um prefixo e de um sufixo. Também é chamado de parassíntese. Prefixo + palavra primitiva + sufixo 

Por exemplo: 

a + funil + ar = afunilar
en + gaiola + ar = engaiolar
a + manh(ã) + ecer = amanhecer
 

Derivação regressiva: é um processo de formar palavras que acontece quando morfemas da palavra primitiva desaparecem. 

Por exemplo:
 
abalar > abalo
errar > erro
cortar > corte
debater > debate
recuar > recuo
 

Derivação imprópria: não ocorrem acréscimos nem supressões, apenas uma mudança gramatical nas palavras sem alteração da forma. 

Por exemplo: 

pereira (árvore) – Pereira (apelido)
coelho (animal) – Coelho (sobrenome)

Recomendados para você

Comentários

+ Artigos relacionados