Colégio Web

Você viu a “Lua de sangue”?

Publicidade

Muita gente se pergunta o que vem a ser a “Lua de sangue”, mas a verdade é que este se fenômeno raro foi visto por um bom número de pessoas durante a madrugada da sexta-feira para o sábado, entre os dias 3 e 4 de abril.

O fenômeno só foi visualizado na região oeste dos Estados Unidos, em parte da Oceania e também em algumas regiões da Ásia Oriental. No Brasil, apenas os moradores do Acre puderam contemplar este belíssimo evento.

O que é?

Você viu a Lua de sangue

Este evento astrológico relativamente raro chamado de “Lua de sangue” nada mais é do que um eclipse lunar, que ocorre quando a Lua é parcialmente ou totalmente ocultada pela sombra da Terra.

Na maior parte dos casos em que ocorre, a “Lua de sangue” é visível a olho nu, e ela ganhou este nome pelo fato de que durante o fenômeno, a Lua acaba assumindo uma coloração mais avermelhada ou alaranjada, que ocorre em virtude da refração ou dispersão da luz do Sol na atmosfera da Terra.

Apesar de ser, como já foi dito anteriormente, um fenômeno relativamente raro, o fato é que o evento registrado em algumas regiões do mundo na madrugada da última sexta-feira para o sábado já ocorreu três vezes em menos de um ano.

Por que você não viu?

Lua de sangue

Agora se você ficou curioso para entender por qual razão este fenômeno tão belo ocorreu e você simplesmente não o viu, nós vamos explicar porque isto ocorreu e porque você não poderia tê-lo visto de qualquer modo.

Primeiramente, a menos que você more no Acre, o fato é que nas demais regiões do Brasil, não foi possível visualizar a “Lua de sangue”, o que fez com muitas pessoas simplesmente acabassem por ignorar o evento.

Por este motivo, você não viu a “Lua de sangue”, que desde tempos antigos se apresenta como um evento de importância fundamental para algumas crenças e para alguns estudiosos, especialmente de Astrologia.

Para muitos destes estudiosos, o fenômeno conhecido como “Lua de sangue” pode significar uma série de mudanças importantes dentro da lógica de funcionamento da Terra como um todo.

Portanto, se você não o viu, a menos para eles, você acabará sentindo seus reflexos dentro da sociedade mundial, e o fato de ele ter ocorrido três vezes em menos de um ano também é simbólico do momento pelo qual a Terra passa e dos eventos que ainda estão por vir.

Recomendados para você

Comentários

+ Artigos relacionados