Colégio Web

Você sabe o que é swap cambial?

Publicidade

No mercado de finanças, muitas são as técnicas e muitos são os métodos utilizados na chamada linguagem financeira, e algumas destas técnicas e métodos ganham mais notoriedade do que outras.

Neste artigo, nas próximas linhas, nós vamos conhecer uma destas técnicas, chamada de swap cambial, que é muito utilizada dentro do mercado financeiro nos dias de hoje.

O que é?

Cambial Swap

A tradução literal do inglês para o português indica que swap nada mais é do que permuta, sendo uma operação muito utilizada quando há a troca de posições entre investidores, no que diz respeito à rentabilidade e também ao risco.

De acordo com a lógica financeira, o contrato de troca que é feito durante uma operação de swap cambial tradicional pode ter como objeto commodities, ativos financeiros ou moedas.

Este tipo de operação está se tornando cada vez mais comum, sendo também muito utilizada dentro do mercado financeiro brasileiro, onde há pelo menos dois tipos mais comuns, que vamos tratar no próximo tópico.

Os tipos mais comuns dentro do mercado financeiro brasileiro

Dentro do mercado financeiro brasileiro, há alguns tipos de swap que são mais utilizados, sendo que os mais comuns são dois tipos, que são os seguintes: swap de taxa de juros e o swap cambial.

O segundo tem mais a ver com operações relacionadas com a variação cambial, sendo uma operação onde a troca de taxa dessa variação é a regra, havendo a troca dela por uma taxa de juros pós-fixados.

A intenção da operação chamada de swap cambial é realizar a negociação do diferencial entre a taxa de juro efetiva e a variação cambial, sendo muito utilizada por quem trabalha com questões relacionadas à variação cambial e ao mercado de câmbio em geral.

Swap Cambial

Exemplo

Um bom exemplo de operação de swap cambial pode ser feito quando se faz algum tipo de transação envolvendo libra esterlina e dólar americano, que são duas das moedas mais fortes do mundo na atualidade.

Ao fazer uma operação de swap cambial envolvendo estas duas moedas, durante o contrato, os pagamentos de juros passam a ser realizados com uma taxa pré-fixada para cada uma das moedas.

Há a aplicação do swap cambial em outras operações envolvendo moedas distintas, sendo que as taxas de juro aplicadas são adequadas a cada uma destas moedas, gerando resultados interessantes para as partes envolvidas.

Recomendados para você

Comentários

+ Artigos relacionados