Colégio Web

Você sabe o que é o PRONATEC?

Publicidade

Atualmente, especialmente para quem é jovem e que deseja saber exatamente como fazer para dar prosseguimento em sua carreira, nada é mais importante do que saber em quais escolas estudar e também quais cursos fazer.

E por este motivo, principalmente para quem é oriundo de famílias de baixa-renda, é essencial saber quais são os programas que os governos municipais, estaduais e também o governo federal disponibilizam para atender aos jovens nestas condições que desejam ter melhores chances de ter uma vida profissional promissora.

E um dos programas mais famosos de todos voltado aos jovens que desejam se profissionalizar e ter melhores condições de lutar no mercado de trabalho atende pelo nome de PRONATEC, que é o objeto deste artigo.

O que é?

PRONATEC O que é

O PRONATEC nada mais é do que o Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego, que foi criado pelo governo federal no ano de 2011, ou seja, durante a gestão da então candidata à reeleição, a presidente Dilma Rousseff.

Seu objetivo mais claro é o de ampliar a quantidade de cursos profissionalizantes e de educação tecnológica para atender aos jovens brasileiros, especialmente aos jovens de baixa-renda.

Dentre suas métricas mais importantes, consta a vontade de democratizar o acesso ao ensino técnico dentro de praticamente todas as regiões do Brasil, melhorando, de quebra, a qualidade dos profissionais que ingressam no mercado de trabalho como um todo.

E para isso, o PRONATEC também prevê a reforma de escolas já existentes, bem como a sua ampliação e também a criação de novas unidades para atender a toda a população jovem do país.

Portfólio de cursos

Pronatec

Em parceria com instituições tradicionais, como o SENAI, o SENAC, o SENAR e o SENAT, além de também contar com a parceria de algumas instituições de ensino particulares importantes, o PRONATEC apresenta uma oferta de cursos interessante para quem quiser se qualificar.

Há ao menos três tipos de cursos oferecidos pelo PRONATEC para quem tiver interesse, sendo que eles são os seguintes:

  • Técnico para quem já concluiu o ensino médio, sendo que tem duração mínima de um ano;
  • Técnico para quem ainda se encontra matriculado no ensino médio, sendo que tem duração mínima de um ano;
  • Curso de formação inicial e de formação continuada, bem como de qualificação profissional, sendo voltado para trabalhadores, estudantes do ensino médio e demais beneficiários de programas federais de transferência de renda (Bolsa-Família), sendo que este tem duração mínima de dois meses.

Recomendados para você

Comentários

+ Artigos relacionados