Colégio Web

Você sabe o que é inbound marketing?

Publicidade

Utilizando espaços publicitários em meios como rádios, televisão, flyers, telemarketing, entre outros, as empresas se promovem através dessa forma de publicidade chamada Inbound Marketing, com o auxílio de blogs, podcasts, SEO, newsletter e E-Books.

“Inbound Marketing pode ser considerado qualquer tática de marketing que se baseie em ganhar o interesse das pessoas ao invés de comprá-lo.” Essa foi uma citação da empresa HubSpot (praticamente a criadora desse conceito) do que é que se trata esse novo marketing.

Novo marketing (Inbound Marketing) e velho marketing (Outbound Marketing)

Se pudéssemos comparar em novo e velho marketing, veríamos que no passado o segredo era empurrar e fazer a pessoa adquirir algum produto quase que por pressão. Afinal, a autopromoção em excesso acaba cansando.

Com as novas técnicas de marketing, mais precisamente o Inbound Marketing, é possível fazer o cliente se interessar pelo seu produto simplesmente pelo o que ele é. Já que o foco está em melhorias no mesmo e gerar conteúdo relevante para o consumidor.

Inbound Marketing

O spam está cada dia maior e a preferência pelo novo marketing também, já que esse método publicitário trabalha com a criatividade, interatividade, talento e esforço dos profissionais. E toda essa dedicação traz bons resultados e um público fiel.

Normalmente, os consumidores encontram as empresas através de ferramentas de busca, referências e mídias sociais, os quais trazem vantagem sobre concorrência, já que vão atrás dos clientes para oferecer seu serviço através da televisão, impressos, rádio e banner.

De onde veio esse termo?

Como citado anteriormente, a empresa Hubspot foi a pioneira neste assunto, o termo começou a ser usado pelo fundador, Brian Halligan. Porém, o que se diz é que já vem sendo praticado há tempos por profissionais de marketing.

Com o surgimento do marketing digital, esse conceito foi fortalecido e facilitado com as mídias sociais e websites. Fora da web, era bem mais difícil realizar esse tipo de publicidade já que o forte é o boca-boca de divulgação.

Da mesma forma com que a era digital favorece, ela prejudica pois atualmente é muito fácil não concordar com algum tipo de publicidade e simplesmente fechá-la ao desconfiar e se incomodar.

O que o Inbound Marketing trabalha é exatamente esse atrativo para atrair clientes duradouros e fazer um produto direcionado, bem produzido para um determinado público-alvo.

Como funciona o processo de Inbound Marketing?

Profissionais trabalham a partir do planejamento, estudando o consumidor com antecedência na tentativa de deduzir qual será a sua reação ao primeiro contato com o produto. Veem esse cliente como desconhecido na primeira etapa em que chamam de “Atrair”.

Em seguida, vem a “Conversão”, onde o até então desconhecido, passa de visitante a suposto comprador. O interesse pelo produto aumenta e chega a nova etapa, o “Fechar”, em que fideliza os clientes e as margens são aumentadas.

Finalmente, a fase final “Encantar” é onde os clientes estão tão fascinados e encantados com seu produto, que precisam compartilhar e transformam-se em promotores.

marketing Inbound

E aí, na prática, como fica?

No ciclo do Inbound surgem os seguintes princípios: Marketing de Conteúdo, Ciclo de Compra, Personalização, Multicanais e Interação.

Marketing de Conteúdo: Inicia-se um processo de criar conteúdos interessantes e de qualidade para um determinado tipo de pessoas. Há uma pesquisa popular para ver o que anda agradando à essas pessoas e o que será melhor recebido.

Ciclo de Compra: Nessa etapa que ocorre a fase chamada de “Conversão”, é o primeiro contato do visitante com o produto, onde existe um tipo de passo a passo até a venda. Começa com a visualização, avaliação, interesse e enfim a decisão de comprar.

Personalização: O bom é estar sempre atento ao que está acontecendo ao redor do público-alvo escolhido, pois uma deixa pode ser essencial para a estreia do conteúdo e deve-se buscar sempre atualizar e personalizar de acordo com o agrado do público.

Multicanais: Na primeira etapa do ciclo “Marketing de Conteúdo”, ocorreu uma pesquisa sobre quem são aquelas pessoas as quais o conteúdo é direcionado. Então, baseado nessa mesma apuração, constata-se quais são os canais mais utilizados por essas pessoas, seja o Facebook, Twitter, se leem E-books, costumam acessar blogs, pesquisam no Google e etc. O segredo é utilizar esses meios a favor da empresa.

Interação: É o momento final. Onde o produto é lançado e ocorre o contato público-produto, por isso deve ser bem calculado, estudado e estruturado para que a estratégia não falhe e que os resultados sejam os esperados.

Recomendados para você

Comentários

+ Artigos relacionados