Colégio Web

Você conhece o papiamento?

Publicidade

Todo mundo já ouviu falar das ilhas do Caribe, como Aruba, Curaçao e Bonaire, que sempre são lembradas por quem deseja viajar para algum lugar com “cara” de paraíso na Terra nas férias.

Mas o que pouca gente sabe é que nestas ilhas do Caribe, é enorme a quantidade de pessoas que fala um idioma diferenciado, uma língua crioula, que é considerada a principal das línguas faladas por lá, chamada papiamento. Vamos conhecê-la melhor!

Origens

Papia Mento

Apesar de somente recentemente ter alcançado o status de língua oficial destas três ilhas citadas no início deste artigo, o fato é que o papiamento (que também é conhecido por papiamentu) é uma língua muito mais antiga.

Suas origens remetem aos tempos coloniais, quando muitos escravos africanos eram trazidos pelos holandeses (que colonizaram as principais ilhas do Caribe) para trabalhar nas lavouras de cana-de-açúcar.

Estes escravos eram originários de locais da África onde os portugueses atuavam mais fortemente (atuais Guiné-Bissau, Cabo Verde, Golfo da Guiné e São Tomé) como mercadores/traficantes de escravos.

Nestes locais, era comum uma língua chamada de guene, que era uma mistura de português colonial com línguas nativas dos africanos destas regiões, e esta língua acabou por originar o papiamento nas ilhas do Caribe, que é falado até hoje.

O nome e a situação atual da língua

Papiamento

Apesar de parecer estranho para quem não é de lá, o papiamento tem um nome que se origina de uma palavra proveniente do português. Esta palavra é “papiá”, que significa conversar, e que se origina da palavra portuguesa “papear”.

Mas mesmo com tamanha influência portuguesa em suas origens, o fato é que com o passar dos anos, o papiamento acabou sofrendo outras influências, que acabaram por mudar completamente o idioma, que hoje é único e não tem paralelo em qualquer outro lugar.

Influências holandesas acabaram por contribuir para alterações significativas no papiamento ao longo dos anos, bem como também do espanhol, que era falado pelos países vizinhos (colônias da Espanha).

Mais recentemente, também acabaram por influenciar de modo decisivo o papiamento e sua forma de falar tão peculiar a forte presença de turistas, especialmente originários de países de língua inglesa.

Portanto, com tantas influências, o papiamento acabou se tornando uma língua única, que na verdade se transformou num belíssimo mosaico cultural que representa como ninguém a formação das principais ilhas do Caribe: Aruba, Curaçao e Bonaire.

Portanto, se algum dia você viajar para estes lugares e algum morador local lhe convidar para papiá, aceite! Será uma experiência incrível!

Recomendados para você

Comentários

+ Artigos relacionados