Colégio Web

Vantagens de aprender a ler em inglês

Publicidade

Não é nenhuma novidade dizer que, hoje em dia, o inglês é a língua universal e, por consequência, dominar essa língua é muito importante. Milhares de pessoas, nesse momento, estão tendo aulas de inglês ou tentando aprender sozinhos, com livros, áudios, entre outros métodos. O simples fato de assistir a um filme ou seriado legendado já ajuda no aprendizado.

Cada um tem o seu motivo especial para querer aprender inglês, seja ele profissional ou pessoal. Por exemplo, em uma viagem de férias, tudo fica mais fácil e rápido se o turista souber se comunicar. As placas, avisos, chamadas, tudo estará em inglês, por mais que o país não se encontre nos Estados Unidos. Isso garante que a mímica fique de lado e haja uma conversação tranquila, sem maiores dificuldades.

Todos sabem também que, em um currículo, o candidato ganha pontos ao saber uma segunda língua, principalmente o inglês. Isso já será um diferencial na vida profissional de qualquer pessoa.

Os pais que matriculam os seus filhos em escolas de línguas já criam consciência de que aquilo será importante em suas vidas futuras, além de garantir que os pequenos terão um aprendizado muito mais rápido do que quando forem adultos.

O cérebro de um bilíngue se torna, comprovadamente, mais rápido até mesmo para desenvolver outras questões do dia a dia, e não somente no contexto das línguas. O exercício de trocar de idioma numa conversação, por exemplo, exige que seu cérebro tenha atenção redobrada e, por isso, se desenvolve mais rápido que os outros.

Ler Inglês

Estudos científicos e o inglês

Existe muita obra de qualidade na língua inglesa, afinal, eles são referência em estudos científicos humanos e exatos.  Se a pessoa não sabe inglês, a pesquisa dela, por exemplo, vai ficar restrita à literatura brasileira ou às traduções.

Se a pessoa aprende a ler inglês, ela se torna independente na pesquisa. Ela amplia seu campo de estudo e pode avançar. Por avançar, quero dizer que ela pode usar metodologias e teorias que ainda não foram traduzidas, logo, que se restringem a um pequeno grupo de pesquisadores brasileiros.

Traduções

O problema com as traduções é que a produção científica tende a ser bastante pessoal, de certa forma. Os textos contêm exemplos e ironias de um determinado contexto que, na hora de traduzir, ou fica errado ou perde o sentido, pelo simples falo de que, no Brasil, não é assim ou não existe expressão no português que se equipara a usada em inglês.

Conteúdo disponível na web

O conteúdo disponível na web, sobre qualquer assunto, vem primeiro na língua inglesa, pelo fato do grande polo de invenções e novidades estar localizado nos Estados Unidos.

Vantagens de aprender a ler em inglês

Grande parte dos lançamentos, sejam eles aplicativos, sites ou blogs, são em inglês também. Sem contar que o profissional de comunicação, sabendo ler em inglês, tem acesso a sites de curadoria das últimas notícias de determinadas editorias. Ou seja, ele terá a chance de estar sempre na frente. De sempre ter, em mãos, a notícia mais nova. E isso não se restringe só a sites. Estamos falando do conteúdo produzido para a web. Saber inglês significa acompanhar, sem atrasos, o que sai, entra e muda no digital.

O prazer de saber inglês

Além de todo o conhecimento que você adquire e de todos os benefícios que a língua inglesa traz, ainda podemos dizer que é prazeroso saber inglês. Entender aquele filme ou aquela entrevista de seu artista favorito que ainda não tem legenda disponível, ler um livro importado que ainda não foi traduzido, escutar sua música preferida e entender a letra, além de cantá-la corretamente aos quatro ventos, sem falar das placas e avisos que sempre encontramos pelo caminho e nem sempre conseguimos saber o quê significa.

Além, é claro, de o bilíngue ser taxado como inteligente perante a sociedade, já que domina uma outra língua que não a sua de origem e isso faz bem para a sua auto-estima. Tudo isso são coisas que acontecem no nosso dia a dia e que se tornam obstáculos fáceis de serem superados no momento em que começamos a pegar gosto pela segunda língua.

Não podemos esquecer também das pessoas que ganham a vida com o inglês. Professores, tradutores de textos ou simultâneos, correspondentes internacionais, entre outras profissões, passam adiante o seu conhecimento em forma de profissão.

Além de aprender a língua, você também pode criar o sotaque, conforme o professor ou a cidade/país no qual estudar. Dizem por aí que o sotaque britânico é o mais charmoso do mundo. Que tal tentar aprender?

Recomendados para você

Comentários

+ Artigos relacionados