Colégio Web

A Terceira Idade e os Estudos

O ser humano não deve parar de estudar, nunca! Aprender faz bem para a mente, o corpo e a alma. Entenda a importância dos estudos para a terceira idade!

Publicidade

A vida passa muito depressa, e mais do que envelhecer, é preciso saber envelhecer. De acordo com especialista na área da saúde, houve aumento no crescimento da população idosa; as pessoas estão vivendo mais, a expectativa de vida e longevidade cresceram e tem a crescer mais com o passar do tempo.

É preciso envelhecer com sabedoria e mente ativa. Muita dedicação para preparação de novas atividades, aquisição de novos conhecimentos e atividade física podem ser o início de uma longa vida com mais expectativas e qualidade.

Mães costumam dizer que chegaram à melhor idade após os 60 anos. Elas gostam de curtir os amigos jogando cartas, sair e brincar com os filhos e os netos; curtir o tempo da melhor forma possível, sem pressa, sendo feliz!

Estudar! Quais os motivos?

E porque não passar o tempo estudando? Antigamente, o estudo era muito caro. Eram poucas as pessoas que tinham condições de frequentar boas escolas até chegar à universidade.

Atualmente, existem vários cursos de graduação disponíveis em diversas áreas do saber. Dependerá da vontade e do interesse de cada um. Além dos cursos de idiomas que também são oferecidos.

As opções são as mais variadas e as universidades andam lotadas dessas pessoas que procuram as universidades por vários motivos, entre eles a ânsia do saber. Para quem tem mais de 60 anos, voltar a estudar pode ser encarado como a melhoria da aposentadoria buscando o aperfeiçoamento de uma profissão ou ainda a escolha de uma nova profissão ou pelo simples prazer de aprender.

O motivo realmente não importa o que importa é ocupar a mente e não sobrar espaço para a ociosidade.

Terceira Idade Estudos

Quais os benefícios de estudar?

O aprendizado permite uma mente e corpo ativos. É a realização profissional e o momento de conhecer novas pessoas, oportunidade de novos relacionamentos. Ninguém gosta de ficar sozinho, não é mesmo? Carinho é bom em qualquer idade. Além disso, nossa mente precisa de estímulos como a arte, a música, a prática de atividades físicas e recreativas. Todas essas atividades proporcionam o aumento da memória, do raciocínio, da atenção, além de prevenir doenças psicológicas e aumentar a autoestima.

Aos 60 anos, ainda pode-se ter uma vida social mais ativa e participativa na sociedade. Participando de reuniões, palestras, visitas em museus, viagens, descobrindo o mundo e a si mesmo. A experiência de vida faz toda a diferença, as pessoas enxergam o mundo de forma diferente e querem para si melhores condições e igualdade de respeito e oportunidade.

Vivemos numa sociedade em que os mais velhos não tem o seu espaço, o seu valor e reconhecimento. A experiência não conta mais; o que o mercado procura são novos talentos.

Onde estudar

Idosos podem estudar em qualquer instituição, mas algumas universidades disponibilizam cursos para a terceira idade, como:

  • A Universidade de São Paulo;
  • A Pontifícia Universidade Católica de São Paulo;
  • A Universidade Federal de São Paulo.

Para maiores informações você pode acessar o site portaldaterceiraidade.org.br. O site traz notícias e informações referentes aos cursos. Aproveite a oportunidade e não fique parado! O tempo passa depressa!

Recomendados para você

Comentários

+ Artigos relacionados