Colégio Web

Substâncias Químicas dos refrigerantes

Refrigerantes possuem substâncias químicas, mas elas fazem bem à saúde?

Refrigerante

Publicidade

Como sempre ouvimos, o refrigerante de qualquer tipo, é um ótimo vilão para a saúde das pessoas que o consomem diariamente. Ele possui níveis altos de fosfato e ácido fosfórico e segundo testes causa doenças cardíacas, renais e musculares.

A bebida de coloração caramelo (marrons) artificial são usados na fabricação de refrigerantes como 2-metilimidazole e 4-metilimidazol, que segundo testes, apenas 16 microgramas por dia, são suficientes para que no futuro um câncer se manifeste.

Outra substância presente em refrigerantes é o óleo vegetal bromado, ele serve como um retardador de chamas e causa problemas sérios de saúde, como perda de memória se consumido em excesso.

Além do próprio líquido, a embalagem do refrigerante também é um fator que auxilia nos problemas de saúde, as famosas latinhas são de alumínio revestidos pelo bisfenol (BPA), uma substância que tem como prioridade impedir que a própria química do refrigerante degrade a embalagem. Essa substância, se consumida diariamente pode causar deficiência hormonal, infertilidade e obesidade.

Mas, não é só no organismo que o refrigerante e sua embalagem causa estrago, a natureza também sofre bastante por causa da poluição causada pelos corantes e adoçantes artificiais que quando consumidos por nós, passam pelo esgoto e mesmo assim não se desmancham contaminando os rios.

Podemos concluir que o refrigerante é uma substância totalmente química e que não ajuda em nada tanto no organismo humano quanto na natureza, além de ser prejudicial na hora dos estudos, por conter muito açúcar faz com que a concentração seja alterada. Por isso, é importante trocar o refrigerante por água e sucos naturais.

Recomendados para você

Comentários

+ Artigos relacionados