Colégio Web

São Paulo completa mais um ano de história

Publicidade

Ontem, São Paulo completou 461 anos, meu! Mesmo com todos os conflitos diários, o paulistano cultiva um relacionamento sério com a cidade há anos. Seja pelo café daora na padoca, a caminhada no Ibira, o rolê top pela Vila Mada ou a breja com os manos. São Paulo é o maior patrimônio do paulistano.

No dia 25 de janeiro de 1554, direto do Pátio do Colégio, os jesuítas fundaram o que viria a ser o centro do capital brasileiro. Mas nem sempre foi assim, os Bandeirantes que o digam! Muito antes da cidade se tornar uma metrópole e receber pessoal de todos os cantos do país e do mundo, houve um tempo de escassez na terra da garoa.

SP São Paulo

Foi apenas com o início do ciclo do café, ainda no interior, que as coisas começaram a melhorar. Depois, café vai e café vem, todos os  trabalhadores das lavouras migraram para a cidade. A partir de então, o crescimento econômico e cultural não parou mais.

Enquanto os grandes escritórios e polos industriais foram construídos, surgiram as marcar culturais da cidade: o samba e o rap. E junto com eles veio muito mais, a roda de samba, o chorinho, o break, o grafite e um jeito todo bonito de falar e de vestir, meu! Passou por SP, pode ter certeza, é tendência.

Dicas de rolês por São Paulo

São Paulo SP

E, mesmo os mané falando que praia de paulistano é shopping center, tem muita coisa bacana rolando na cidade. Que tal aproveitar mais a sua cidade? Olha só as dicas legais para curtir:

Vamo para o Ibira, meu! – Para os esportistas, o Parque do Ibirapuera é um prato cheio para se exercitar, andar de bike ou arrebentar no skate. Mas, se o seu lance é mais cultural, não se preocupe, tem pra você também! O parque sedia a Fundação Bienal, O Museu Brasil, o MAM e muito mais!

Mano, e os museus? – A cidade tem uma variedade de museus que sediam exposições de artistas nacionais e internacionais, além de trabalhos e centros de pesquisa e história. Quer ver só? Tem o Museu do Ipiranga, o Museu da Arte e do Som, o Instituto Tomie Ohtake, a Pinacoteca, o Museu da Resistência, o Museu do Imigrante … ufa! E muito mais!

Mas e o rolê? – Os mais agitados vão se encontrar na Rua Augusta, Vila Madalena e os barzinhos distribuídos por Pinheiros. Além dos restaurantes e foodtrucks gourmets espalhadas por toda a cidade.

Recomendados para você

Comentários

+ Artigos relacionados