Colégio Web

Rolfing – Corpo e mente em equilíbrio!

Rolfing é uma terapia natural e complementar que reorganiza a estrutura corporal no campo da gravidade com os aspectos relacionados ao corpo. Entenda melhor!

Publicidade

Novas técnicas são criadas para aliviar as tensões e o estresse, ajudar nos problemas de saúde, e tornar a vida das pessoas com mais qualidade.

Para quem trabalha de pé ou sentado durante todo o dia é muito difícil manter a postura ereta sem se queixar de dores musculares e na coluna. Por todos esses motivos o rolfing ajuda e auxilia no tratamento de várias doenças. Vamos conhecer mais sobre o assunto?

O que é Rolfing?

Pode-se entender como uma terapia natural e complementar que reorganiza a estrutura corporal no campo da gravidade com os aspectos relacionados ao corpo. De acordo sua criadora, consiste na metodologia de que cada pessoa possui um alinhamento vertical natural e sua interação com a gravidade. De acordo com os anos, a capacidade de realizar movimentos diminui. Através do rolfing, cada pessoa dentro de suas limitações, desenvolve a técnica de melhorar sua estrutura corporal por meio de reeducação corporal de forma livre e com qualidade.

O alinhamento do corpo é comprometido por vários fatores: emocionais e físicos. O indivíduo sente dores, incômodos e desconfortos com relação à postura. O rolfing ajuda a melhorar a postura e a qualidade dos movimentos.

Como surgiu?

O Rolfing foi criado pela cientista norte-americana Ida P. Rolfing por não encontrar na medicina tradicional a ajuda que necessitava para seu problema. Essa técnica surgiu na década de 1960.

Como funciona?

Rolfing

Antes de serem aplicadas as sessões de rolfing o especialista analisa todo o corpo da pessoa, como se movimenta, como o peso do corpo é distribuído, identifica assimetrias no corpo do paciente, enfim faz uma leitura corporal para iniciar as sessões de tratamento. Existem duas modalidades: Rolfing Estrutural e Rolfing Movimento.

O tratamento consiste em um toque manual para a liberação da fáscia (tecido conjuntivo que envolve todas as estruturas – músculos, tendões, ossos, órgãos). Esse toque permite e possibilita uma sensação de liberdade nas articulações promovendo o equilíbrio e a conscientização de novas maneiras de comportamento diante novos padrões de movimentos.

Para que se obtenha o objetivo esperado é necessário receber de 10 a 15 sessões dependendo de cada caso e de cada pessoa. Após a aplicação deve-se dar uma pausa de 6 a 8 meses para que cada pessoa avalie os benefícios obtidos.

Todo o tratamento deve ser acompanhado por um médico que deve prescrever a quantidade de sessões e quando o paciente pode retornar.

Benefícios do Rolfing

O benefício do tratamento melhora e resgata a postura, alivia dores musculares, doenças relacionadas ao trabalho, distúrbios de ansiedade, aumento do rendimento do sistema respiratório, alivia a sobrecarga de exercícios físicos, aumenta a flexibilidade e vitalidade, melhora a circulação, além de relaxamento mental e equilíbrio ao corpo. Consequentemente, os benefícios refletem na aparência e na forma física proporcionando beleza e bem-estar.

Contra indicação

Não deve submeter ao tratamento pessoas que sofrem de câncer, doenças como lúpus, artrite reumatoide, gestantes e doenças degenerativas.

Profissionais

No Brasil, os profissionais (rolfistas) precisam cursar nível superior para o aprendizado da metodologia. Seu representante é a ABR – Associação Brasileira de Rolfistas, em São Paulo. O Rolf Intitute é a instituição internacional com sede nos Estados Unidos. Para saber mais sobre o assunto acesse da Associação – www.rolfing.com.br.

Recomendados para você

Comentários

+ Artigos relacionados