Colégio Web

Quem inventou o coelho da páscoa?

A tradição da Páscoa mexe com toda a sociedade. O ideal é que ela mexesse com os valores das pessoas, tornando-as mais propensas a repensar suas posturas. Infelizmente, o sistema capitalista acaba se “intrometendo” na história e faz com a Páscoa seja mais um momento de auferir lucros.

Publicidade

Mas, ainda assim, vale a pena entendermos melhor algumas das tradições desse intervalo de tempo. Os pesquisadores esclarecem que a Páscoa já vem sendo celebrada por mais de 1.684 anos. Tudo começou na Alemanha, quando as famílias começaram a celebrar a festa enquanto momento de ápice do Cristianismo. O sábado de Páscoa seria um momento de vigília. Quando se queima também o Judas. Já o domingo, seria reservado para a missa e procura de ovos coloridos no jardim.

E onde entrar a figura do coelho da Páscoa? De acordo com os pesquisadores, esse símbolo foi originado no protestantismo. A briga entre o catolicismo e a religião protestante já existia e o coelho acabou sendo um motivo de resolver um dos impasses entre as duas religiões. A criança católica ficava todo o período da Quaresma sem poder comer ovos. Daí que na Páscoa tudo voltava a ser liberado. Mas, como explicar tal questão às crianças protestantes? De onde explicar a chegada de tantos ovos? Foi aí que os protestantes introduziram a figura do coelho como sendo ele o distribuidor de ovos. A ideia de fertilidade passou a ser pregada junto ao animal que, de casa em casa, deixava seus ovinhos. Mas, como um animal mamífero vai apresentar tantos ovos?

O coelho é um mamífero

Nesse contexto, as explicações biológicas foram deixadas de lado. O costume católico gerou até riso entre os fiéis. Enquanto o católico celebra o domingo de Páscoa de forma festiva, o protestante prefere a serenidade e silêncio.

Contra o ovo em si o protestante não tem nada a declarar. E claro que o ovo vai simbolizar vida nova. O que bate com a ressureição de Jesus Cristo. Até mesmo as tradições de pintar os ovos acabou sendo um momento divertido para o Cristianismo.

Reza a lenda que nos tempos antigos os ovos eram pintados apenas de vermelho para simbolizar o sangue de Jesus Cristo. E mostrar todo o amor que ele nutria pela humanidade. As decorações separavam os ovos bentos dos não bentos.

E você, já parou para pensar novamente na figura do coelho? Do mamífero coelho? O que você faz durante a Páscoa?

Recomendados para você

Comentários

+ Artigos relacionados