Colégio Web

Que atividades mais consomem água?

1A Terra é composta, em grande parte, por espaços de água em sua superfície. A ciência mostra que 71% de todas as áreas superficiais do planeta é composta por esse importante recurso natural. A água é distribuída, na natureza, a partir de diferentes estados. O estado sólido é o formato em gelo. Já o líquido e gasoso, vapor e umidade. A água não é essencial apenas para o consumo. Ela também serve de “casa” para inúmeras espécies e exerce diversas influências sobre o clima. Está presente em todas as dinâmicas dos seres vivos que estão no planeta.

Publicidade

E como andam os níveis e distribuição de água nos dias atuais? Hoje, a disponibilidade da água em formato potável, que é próprio para o consumo, tem passado por alguns impactos negativos. De toda a água que existe no planeta, 97% dela está no oceano, salgada, sem condições de ser consumida. Outros 2% estão concentrados na Antártida e no Ártico, com as especificidades das águas de geleira. Apenas 1% da água do planeta é adequada para o consumo e doce. Essa está localizada nas represas, lagos, rios, umidade do ar, lençóis freáticos e outros espaços.

Por conta desse percentual limitado, com tendência para redução dos níveis de água em algumas regiões, existe toda uma preocupação em relação ao uso indevido da água. A preservação desse recurso natural precisa estar na ordem do dia. A própria redução nas atividades comuns do dia a dia passa a ser aventada. O ponto principal é combater o desperdício. Mas, quais atividades mais demandam o consumo de água?

Onde começa o desperdício?

2O uso da água no consumo doméstico é o principal causador de desperdício? A Organização das Nações Unidas para a Agricultura e Alimentação (FAO) esclarece que não. Na verdade, as atividades que mais consomem água estão relacionadas à agropecuária. Apenas este setor acaba sendo responsável por quase 70% de toda a água consumida pela população humana, depois teremos a indústria com 22% e, por fim, os usos domésticos com 8%. No Brasil, esses percentuais sofrem algumas variações: a agricultura acaba consumindo 69%, seguida da indústria com 18% e 21% pelo uso doméstico.

A economia diária é importante, mas não chega a ser o mais importante nesses processos. Existem ainda as técnicas para que a água irrigada seja conservada. É o caso de usar máquinas especiais para distribuírem apenas a necessidade limite em cada vegetal que está sendo cultivado ou mesmo o sistema de gotejamento.

Também é importante observar os níveis de conservação do solo. Nesse aspecto entram as chuvas, níveis de erosões, águas dos rios, assoreamento e tantas outras falhas e prejuízos na própria natureza.

O uso do agrotóxico acaba sendo muito prejudicial, na medida em que a água escorrida também contamina, por esses agrotóxicos, os espaços diversos dos rios.
A indústria precisa cuidar para que ocorra a boa preservação dos espaços aquáticos. Se a mercadoria que está sendo produzida permitir, é importante que se reutilize a água na produção. Assim como os diversos cuidados relacionados aos poluentes e rejeitos que muitas vezes são despejados nos rios.

A sociedade como um todo precisa estar unida, com diferentes ações para a conservação e reutilização desse líquido precioso. A água pode ser utilizada por todos, desde que haja saúde.

Recomendados para você

Comentários

+ Artigos relacionados