Colégio Web

Quando surgiu o Jiu-Jitsu?

Publicidade

O jiu-jítsu foi desenvolvido no Japão há mais de 3.600 anos. Há especulações de que ele teve a mesma origem que o wushu, ou kung fu, criados na China. O corpo é usado como forma de alavanca para golpear e neutralizar o inimigo no judô. É uma estratégia fundamental que não incentiva golpes com traumas. Nos séculos XI e XIX, os samurais usavam muitas dessas técnicas em uma luta pesada, mas sem espadas. A imigração para a Europa e Américas no século XX fez com que o esporte suave ganhasse o mundo.

Mas, nem sempre foi tão fácil. Durante um longo período ensinar a prática do jiu-jitsu era considerado crime, como se fosse segredo militar dos japoneses. A partir do jiu-jitsu foram desenvolvidas as técnicas de judô e o aikido. No Brasil, a família Gracie acabou desenvolvendo o “jiu-jítsu brasileiro”. Hoje, um dos mais praticados no mundo.

Principais técnicas do jiu-jitsu:

Lutar com inteligência: no jiu-jitsu, explorar o erro do opositor é ser inteligente com velocidade e força.

Atacar: além de derrubado, o oponente precisa ser imobilizado.

Voadora: conhecida como chave de braço voadora, também é ideal para lutadores menores e mais fragilizados. A força do rival pode ser usada para deixá-lo imóvel, com o travamento dos braços.

Tesoura: nas academias, a tesoura é conhecida como kanibasami. Por machucar gravemente o joelho do opositor acabou sendo proibida nas competições.

Mata-leão: desenvolvida exclusivamente pelo jiu-jitsu japonês, também foi adaptada ao modelo brasileiro. Pode ser decisiva em determinadas lutas.

Na defesa: é uma forma de escapar da imobilização.

Escape: giro do quadril que culmina com as costas sendo tiradas do chão e o lutador permanecendo de lado.

Domine: usa-se os braços para fazer o deslocamento do rival e dominá-lo. O tronco é travado pelas pernas, agarrando a perna do opositor.
Finalize: basta usar um mata-leão e terminar a sequência de forma mais rápida.

Um dos maiores torneios de jiu-jitsu do mundo é realizado no Brasil, com a apresentação de até 3 mil atletas, no Ginásio do Ibirapuera, em São Paulo. O esportista Mitsuyo Maeda (1878 – 1941) é um dos importantes nomes do esporte. Ele já foi vencedor de mais de duas mil lutas e é o homem mais forte que já se viu viver neste espaço. Quando chegou ao Brasil, no ano de 1915, fundou uma escola em Belém do Pará e iniciou a família Gracie nos estudos da técnica.

Recomendados para você

Comentários

+ Artigos relacionados