Colégio Web

Qual a origem do Açúcar?

Publicidade

O açúcar se originou na Índia, a 6.000 a.C. e antigamente era utilizado para fazer temperos e remédios, pois os alimentos doces eram preparados com o mel das abelhas. Por volta do século XII, o açúcar chegou até a Europa e a partir daí muitas regiões começaram a produzir o açúcar.

Quando os Europeus começaram a tomar café, chá e chocolate, a produção de açúcar começou aumentar, pois essas bebidas tinham que ser adoçadas.

Existem vários tipos de açúcar:
– Monossacarídeos: glicose, frutose, galactose, manose, pentose e ribose.
– Dissacarídeos: sacarose, maltose e lactose.
– Trissacarídeos: rafinose.
– Polímeros: amido e glicogênio.

Imaginemos o mundo atual sem açúcar. Muito ruim, não é? Além da perda do sabor, teríamos que conviver com a extinção de vários pratos. A entrada do açúcar na cozinha foi importante do ponto de vista da mercadoria, justamente porque tornou esse item mais acessível a todos. Antes, só o mel das abelhas ou mesmo o da cana de açúcar não era suficientes.

Os estudiosos explicam que foram os generais do imperador Alexandre, o Grande que começaram a tentar conquistar novos espaços e na Índia Oriental encontraram o açúcar. Os nativos desse espaço já faziam usos regulares de suco de cana a partir do mel do açúcar e não apenas daquele retirado junto às abelhas. Foi aí que a notícia se proliferou e passou a ser considerado que descobriram um valioso sal indiano.

Açúcar era o sal indiano

No primeiro momento, o comércio era feito em quantidades menores. Porém, gregos e romanos acresceram valor ao produto. Lá pelo século VII o produto passou a ser consumido em larga escala como ocorre atualmente. Rezam os estudos que em 650 os árabes derrotaram os persas e conseguiram transportar muito açúcar refinado ao longo do processo. Quando o árabe dominou tal área, sentiu interesse de também cultivar a cana em outras regiões. Assim, na Baixa Idade Média e com o desenrolar das Cruzadas, o cristão passou a conhecer também o sal indiano. No Velho Mundo, o árabe dentro da Península Ibérica fez com que já no século XII os espanhóis também adorassem os efeitos do açúcar.

Tudo isso na região da Andaluzia. Além de usado para tempero, era bem apreciado para conservação de frutas e medicamentos. Na Peste Negra foi muito útil. Os preços oscilaram bastante ao longo da trajetória do açúcar. Já no período Moderno, o homem continuava a celebrar o açúcar como um artigo de luxo. A partir do século XVII a lavoura passou a ser usada em larga escala por todo o continente americano.

 

Recomendados para você

Comentários

+ Artigos relacionados